1 - Vagando na Tranquilidade Distante 1.1 1.2 1.3 1.4 1.5 1.6 1.7
2 - Discussão sobre a Igualdade das Coisas 2.1 2.2 2.3 2.4 2.5 2.6 2.7 2.8 2.9 2.10 2.11 2.12 2.13 2.14
3 - Cultivando o Anfitrião da Vida 3.1 3.2 3.3 3.4 3.5 3.6
4 - O Mundo Humano 4.1 4.2 4.3 4.4 4.5 4.6 4.7 4.8 4.9
5 - Sinal de Espontaneidade Satisfeita 5.1 5.2 5.3 5.4 5.5 5.6
6 - Os Grandes e Veneráveis Mestres 6.1 6.2 6.3 6.4 6.5 6.6 6.7 6.8 6.9 6.10
7 - Acordo para Imperadores e Reis 7.1 7.2 7.3 7.4 7.5 7.6 7.7

Zhuang Zi - Introdução

Enquanto Laozi, autor do Dao De Jing, é considerado uma figura mitológica – ninguém sabe se ele realmente existiu – Zhuangzi, autor do livro de mesmo nome, é considerado uma pessoa real, e talvez o maior escritor da China.

O que Platão foi para Sócrates, o que Mêncio foi para Confúcio, o que Paulo foi para Jesus, Zhuangi foi para Laozi: o maior divulgador de sua filosofia. O Dao De Jing, obra fundamental do daoísmo, tem apenas 81 pequenos poemas. Sua brevidade é, ao mesmo tempo, sua maior força e maior fraqueza. Embora a concisão tenha suas evidentes vantagens, dificulta a compreensão de uma filosofia tão ampla, comprimida em tão pouco espaço: a profundidade resultante é, para muitos, um impedimento definitivo. Principalmente pela distância que nossa sociedade consumista e vaidosa tomou dos fatos básicos da Natureza – lugares comuns naquela época. Traduções feitas por “especialistas” na linguagem chinesa também não ajudam tanto, pois “homens de letras” nem sempre têm conhecimento do mundo real fora das bibliotecas, muito menos do mundo natural fora das cidades. Ao passo que qualquer pessoa observadora, há 2500 anos, entendia bem o funcionamento do mundo natural, base do daoísmo.

É aí que entra Zhuangzi, transformando os densos aforismos do Dao De Jing em exemplos ricamente ilustrados, repletos de humor e imagens fantásticas: animais falantes, animais gigantes, árvores que nos criticam em sonhos, mestres surpreendentes e aprendizes boquiabertos. Uma sequência de personagens incríveis nos ensinam as vantagens da inutilidade, as armadilhas da lógica, os perigos de se tentar instruir um governante orgulhoso. Os sete “capítulos internos” (aqueles atribuídos com maior confiança ao próprio Zhuangzi) abordam facetas diferentes da filosofia daoísta, embora a divisão não seja muito rígida. Outros 26 capítulos, não incluídos na presente tradução, foram mais provavelmente obra de seus discípulos e das gerações seguintes, que acrescentaram um grande número de casos deliciosos, intrigantes e bem-humorados, que exemplificam de forma brilhante o estilo de vida e o pensamento dos antigos mestres daoístas.

Conta-se que o próprio Zhuangzi, um sábio renomado em seu tempo, vivia longe dos aborrecimentos e intrigas da sociedade (os diferentes reinos chineses viviam então em guerra uns com os outros, e por essa ausência de harmonia manter distância era considerado o mais sensato pelos daoístas). Um dia ele pescava perto de casa, quando emissários do rei vieram lhe visitar. “O senhor é o Mestre Zhuang?” perguntaram. “Sou Zhuang”, respondeu. “Viemos a pedido do rei informar que lhe foi concedido o cargo de conselheiro real, com todas as honrarias pertinentes”. Zhuangzi não se impressionou: “No salão real não há o esqueleto de uma grande tartaruga?” perguntou. Os cavalheiros concordaram. “Os senhores acham que ela preferiria estar morta, exibida no honrado salão real, ou preferiria estar viva, arrastando seu rabo pela lama?” “Ela preferiria estar viva, arrastando o rabo pela lama.” “Então vão embora e me deixem arrastar meu rabo na lama!”

Numa época marcada por guerras e caos social, um honrado conselheiro seria celebrado enquanto tivesse sucesso, mas ao primeiro erro seu destino seria incerto. Sábia decisão a de Zhuangzi em manter-se distante de tudo isso. Ainda assim, foi humano o bastante em passar adiante seu conhecimento para o benefício das futuras gerações.


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 1

逍遙遊|逍遥游 - Vagando na Tranquilidade Distante

<< Voltar para o início

1.1

Nas profundezas do Norte há um peixe chamado Kun. Não sei quantos mil quilômetros ele mede. Transforma-se em uma ave chamada Peng. Não sei quantos mil quilômetros ela mede. Voa com vigor, suas asas parecem nuvens no céu. É uma ave que atravessa o oceano, migrando para as profundezas do Sul. As profundezas do Sul são o lago do céu. O Qi Xie, um registro de curiosidades, diz: "quando Peng migra para as profundezas do Sul, atinge a água gerando ondas que se estendem por mil e quinhentos quilômetros, então se aproveita dos ventos que causou e sobe quarenta e cinco mil quilômetros e depois descansa por seis meses." Cavalos selvagens, grãos de pó, todos respiramos o sopro uns dos outros. O azul do céu é sua cor real ou apenas efeito da distância infinita? Quando Peng olha para baixo, é como quando olhamos para cima. Além disso, quando a água é pouca, um barco grande não pode flutuar. Ponha um copo d'água num buraco, uma semente flutua, mas o próprio copo afunda, a água é rasa e o barco, grande. Se o vento é pouco, não sustenta uma grande asa. Portanto, Peng subiu quarenta e cinco mil quilômetros, pois o vento era suficiente; carregando o céu claro em suas costas, sem nada a impedir seus planos, pôde voar para o Sul. A cigarra e o pombo aprendiz, rindo, disseram: "eu me decido e vôo, miro uma mangueira, uma goiabeira, às vezes não chego, caio pelo chão, que história é essa de quarenta e cinco mil quilômetros para o Sul?" Quem vai aos arredores da cidade, leva três refeições e volta de barriga cheia; quem viaja cinquenta quilômetros leva comida para o pernoite; quem viaja quinhentos quilômetros deve juntar comida para três meses. O que esses dois insetos conhecem! O pequeno conhecimento não alcança o grande, o tempo curto não compreende o longo. Como sabemos isso? O cogumelo da manhã não conhece a Lua Nova, a cigarra não conhece a primavera e o outono, este é o tempo curto. No sul de Chu há uma árvore chamada Espírito Profundo, para quem quinhentos anos são uma única primavera, quinhentos anos, um único outono; havia antigamente a grande Chun, para quem oito mil anos eram uma primavera, oito mil anos, um outono. O ancestral Peng é hoje conhecido por sua longevidade; e as multidões buscam imitá-lo, não é uma pena?

北冥有魚,其名為鯤。鯤之大,不知其幾千里也。化而為鳥,其名為鵬。鵬之背,不知其幾千里也;怒而 飛,其翼若垂天之雲。是鳥也,海運則將徙於南冥。南冥者,天池也。齊諧者,志怪者也。諧之言曰:「鵬之徙於南冥也,水擊三千里,摶扶搖而上者九萬里,去以六月息者也。」野馬也,塵埃也,生物之以息相吹也。天之蒼蒼,其正色邪?其遠而無所至極邪?其視下也亦若是,則已矣。且夫水之積也不厚,則負大舟也無力。覆杯水於坳堂之上,則芥為之舟,置杯焉則膠,水淺而舟大也。風之積也不厚,則其負大翼也無力。故九萬里則風斯在下矣,而後乃今培風;背負青天而莫之夭閼者,而後乃今將圖南。蜩與學鳩笑之曰:「我決起而飛,槍榆、枋,時則不至而控於地而已矣,奚以之九萬里而南為?」適莽蒼者三湌而反,腹猶果然;適百里者宿舂糧;適千里者三月聚糧。之二蟲又何知!小知不及大知,小年不及大年。奚以知其然也?朝菌不知晦朔,蟪蛄不知春秋,此小年也。楚之南有冥靈者,以五百歲為春,五百歲為秋;上古有大椿者,以八千歲為春,八千歲為秋。而彭祖乃今以久特聞,眾人匹之,不亦悲乎!


1.2

Nas conversas entre Tang e Ji lemos: "no inabitado Norte, há um mar profundo que parece um lago no céu. Lá vive um peixe com milhares de quilômetros de largura, não sabemos seu comprimento. Seu nome é Kun. Há também uma ave chamada Peng, suas costas parecem o Monte Tai, suas asas como nuvens no céu, com a ajuda dos furacões sobe quarenta e cinco mil quilômetros furando as nuvens, carregando o céu claro em direção ao Sul, onde pretendia ir." Um marreco, rindo, disse: "que história é essa? Eu me empino e salto, levantando vôo para cair em seguida, tendo planado entre alguns arbustos, isso é o que chamamos voar. Aonde esse aí pensa que vai?" Essa é a diferença entre o pequeno e o grande.

湯之問棘也是已。窮髮之北,有冥海者,天池也。有魚焉,其廣數千里,未有知其脩者,其名為鯤。有鳥焉,其名為鵬,背若泰山,翼若垂天之雲,摶扶搖羊角而上者九萬里,絕雲氣,負青天,然後圖南,且適南冥也。斥鴳笑之曰:「彼且奚適也?我騰躍而上,不過數仞而下,翱翔蓬蒿之間,此亦飛之至也。而彼且奚適也?」此小大之辯也。


1.3

Assim, pessoas inteligentes o suficiente para conduzirem um negócio ou uma vila, virtuosas o bastante para aconselharem um ministro ou convocarem a nação, considerarão a si mesmas como esses pequenos animais. Mas Rong Zi de Song riria delas. O mundo todo poderia elogiá-lo e ele não se convenceria, o mundo todo poderia criticá-lo e ele não se abalaria, traçando uma linha clara entre seu interior e o exterior, não argumentava sobre noções de glória ou desonra, apenas isso. Sobre seu lugar no mundo, não calculava demais e também não se prendia. Já Liezi cavalgava a brisa fresca e gentil, retornando duas semanas depois, sem calcular demais possíveis ganhos. Embora não precisasse caminhar, ainda dependia da brisa. Se alguém pudesse cavalgar com exatidão as ondas dos céus e da Terra e pudesse dirigir as divergências entre os seis elementos do clima, viajaria sem se cansar, de que dependeria? Por isso se diz: "a pessoa realizada não é egoísta, a pessoa espiritual não busca mérito, a pessoa sensata não busca fama."

故夫知效一官,行比一鄉,德合一君而徵一國者,其自視也亦若此矣。而宋榮子猶然笑之。且舉世而譽之而 不加勸,舉世而非之而不加沮,定乎內外之分,辯乎榮辱之竟,斯已矣。彼其於世,未數數然也。雖然,猶有未樹也。夫列子御風而行,泠然善也,旬有五日而後反。彼於致福者,未數數然也。此雖免乎行,猶有所待者也。若夫乘天地之正,而御六氣之辯,以遊無窮者,彼且惡乎待哉!故曰:至人無己,神人無功,聖人無名。


1.4

Yao pensou em ceder o reino a Xu You, dizendo: "Quando o Sol e a Lua nasceram, mas as tochas ainda não foram apagadas, não é difícil para elas brilharem? Quando a estação das chuvas chegou, mas insistimos em regar a terra, há algum benefício em nosso trabalho? A liderança verdadeira fica atenta, e o mundo é bem governado, mas eu estou decrépito, vemos apenas as minha falhas, por favor aceite governar o reino." Xu You respondeu: "O Senhor governa o reino, o reino já está bem governado. Se eu o substituísse, estaria fazendo isso pela fama? A fama é hóspede da realidade, deveria eu fazer o papel de hóspede? O uirapuru faz seu ninho no fundo da mata usando apenas um ramo, A toupeira bebe do Rio He só até encher a barriga. Descanse, soberano! O governo do reino não é de uso algum para mim. Mesmo que o cozinheiro não cuidasse bem da cozinha, o coveiro não tomaria para si utensílios e temperos."

堯讓天下於許由,曰:「日月出矣,而爝火不息,其於光也,不亦難乎!時雨降矣,而猶浸灌,其於澤也,不亦勞乎!夫子立而天下治,而我猶尸之,吾自視缺然,請致天下。」許由曰:「子治天下,天下既已治也。而我猶代子,吾將為名乎?名者,實之賓也,吾將為賓乎?鷦鷯巢於深林,不過一枝;偃鼠飲河,不過滿腹。歸休乎君!予無所用天下為。庖人雖不治庖,尸祝不越樽俎而代之矣。」


1.5

Jian Wu disse a Lian Shu: "escutei as palavras de Jie Yu, grandes porém estranhas, se desdobravam sem nexo. Fiquei assustado com elas, tão longínquas quanto a Via Láctea, imensas como as rampas de um castelo, sem qualquer contato com a realidade humana." Lian Shu perguntou: "o que ele disse?" A resposta: "Na montanha Miao Gu She, vive um ser espiritual de pele branca como a neve, tão suave como uma criança, não se alimenta de nenhum dos cinco cereais, suga o vento e bebe o orvalho. Cavalga os ventos, monta dragões em vôo e viaja além dos quatro mares. Seu olhar penetrante pode curar os seres e amadurecer as colheitas. Achei tudo isso uma loucura inacreditável." Lian Shu respondeu: "normal, não esperamos que cegos observem exposições, ou que surdos ouçam sinos e tambores. É apenas o corpo que sofre de cegueira e surdez? O conhecimento também sofre os mesmos males. Essas palavras têm uma espécie de sutileza feminina, o segredo está nas entrelinhas. Uma pessoa assim, com essas virtudes, põe-se em meio aos seres, unindo-os. O mundo implora em meio ao caos, mas de quais problemas ela cuidaria? Nenhum ser pode fazer-lhe mal, uma grande enchente não a afogaria, uma seca ou um vulcão poderiam fazer arder a terra e as montanhas, mas ela não se queimaria. Dos seus restos poderiam ser moldados um Yao ou um Shun, de quais seres ela cuidaria? Alguém de Song levou fitas e pulseiras para vender em Yue, mas o povo de Yue usava cabelos curtos e tatuagens, e não teve uso para seus produtos. Yao governava, e o povo estava em paz em todo o continente. Saiu para ver os quatro mestres da montanha Miao Gu She, do lado ensolarado do rio Fen, no fundo lamentava o estado do mundo."

肩吾問於連叔曰:「吾聞言於接輿,大而無當,往而不反。吾驚怖其言,猶河漢而無極也,大有逕庭,不近 人情焉。」連叔曰:「其言謂何哉?」曰:「藐姑射之山,有神人居焉,肌膚若冰雪,淖約若處子,不食五穀,吸風飲露。乘雲氣,御飛龍,而遊乎四海之外。其神凝,使物不疵癘而年穀熟。吾以是狂而不信也。」連叔曰:「然,瞽者無以與乎文章之觀,聾者無以與乎鍾鼓之聲。豈唯形骸有聾盲哉?夫知亦有之。是其言也,猶 時女也。之人也,之德也,將旁礡萬物,以為一。世蘄乎亂,孰弊弊焉以天下為事!之人也,物莫之傷,大浸稽天而不溺,大旱,金石流,土山焦而不熱。是其塵垢粃糠,將猶陶鑄堯,舜者也,孰肯以物為事!宋人資章甫而適諸越,越人斷髮文身,無所用之。堯治天下之民,平海內之政,往見四子藐姑射之山,汾水之陽,窅然喪其天下焉。」


1.6

Hui Zi disse a Zhuang Zi: "o rei Wei me deu sementes de uma grande cabaça, eu as plantei e elas passaram de um metro. Pensei em usá-las para guardar água ou cereais, mas ficaram muito pesadas e não podia carregá-las. Cortei algumas para fazer colheres, mas ficaram muito rasas e não serviram para nada. Não é que as cabaças não fossem grandes, mas como não tinham utilidade alguma, eu as fiz em pedaços." Zhuang Zi disse: "Hui Zi, você é bem desajeitado quanto ao uso de coisas grandes. Uma família em Song tinha uma receita muito eficaz para tratar mãos rachadas. Por gerações a usaram por trabalharem no branqueamento da seda. Um viajante ouviu falar dela, e ofereceu cem peças de ouro para comprá-la. A família se reuniu e concluiu: 'por gerações trabalhamos no branqueamento da seda e não fizemos muito dinheiro; nesta manhã nos oferecem cem peças de ouro pela nossa técnica, que assim seja.' O viajante a comprou e foi oferecê-la ao rei Wu. Havia uma guerra com o povo de Yue, e o rei o nomeou comandante. No inverno travaram uma batalha naval, e o povo de Yue sofreu uma grande derrota. O rei dividiu a terra conquistada e ofereceu um feudo ao comandante. Com uma técnica para não rachar as mãos, pode-se obter um feudo ou viver preso ao branqueamento da seda, apenas usando-a de forma diferente. Agora você tem cabaças de mais de um metro, como não pensou em transformá-las em barris e flutuar com elas nos rios e lagos? Ao invés disso, aborreceu-se porque elas não podiam conter nada! Parece que o senhor tem mato crescendo na sua cabeça!"

惠子謂莊子曰:「魏王貽我大瓠之種,我樹之成而實五石,以盛水漿,其堅不能自舉也。剖之以為瓢,則瓠落無所容。非不呺然大也,吾為其無用而掊之。」莊子曰:「夫子固拙於用大矣。宋人有善為不龜手之藥者,世世以洴澼絖為事。客聞之,請買其方百金。聚族而謀曰:『我世世為洴澼絖,不過數金;今一朝而鬻技百金,請與之。』客得之,以說吳王。越有難,吳王使之將。冬,與越人水戰,大敗越人,裂地而封之。能不龜手一也,或以封,或不免於洴澼絖,則所用之異也。今子有五石之瓠,何不慮以為大樽而浮乎江湖,而憂其瓠落無所容?則夫子猶有蓬之心也夫!」


1.7

Hui Zi disse a Zhuang Zi: "temos uma grande árvore que o povo chama Chu [Ailanthus altissima]. Seu tronco cheio de nós impede a fabricação de boas tábuas, seus galhos tortuosos dificultam as medidas do carpinteiro, mesmo à beira da estrada, nenhum artesão se volta para olhá-la. Agora as suas palavras, grandes porém inúteis, todos concordam em ignorá-las." Zhuang Zi respondeu: "o senhor nunca viu um gato selvagem? Aproxima-se rastejando, apenas para dar o bote; à esquerda e à direita ele salta, indo de alto a baixo na floresta; apenas para ser pego e morrer na rede do caçador. Há também o iaque, grande como nuvens pendendo do céu. Mesmo tão grande, não consegue apanhar um rato. Agora o senhor tem uma grande árvore, preocupa-se com sua inutilidade, por que não a planta no meio do nada, nas planícies amplas e selvagens, sem dúvida poderia não fazer nada ao seu lado, isolado e sem preocupações dormir tranquilamente sob sua sombra? Um machado não a derrubaria, nenhum ser a perturbaria, por que a tranquila falta de utilidade o perturba tanto?

惠子謂莊子曰:「吾有大樹,人謂之樗。其大本擁腫而不中繩墨,其小枝卷曲而不中規矩,立之塗,匠者不 顧。今子之言,大而無用,眾所同去也。」莊子曰:「子獨不見狸狌乎?卑身而伏,以候敖者;東西跳梁,不避高下;中於機辟,死於罔罟。今夫斄牛,其大若垂天 之雲。此能為大矣,而不能執鼠。今子有大樹,患其無用,何不樹之於無何有之鄉,廣莫之野,彷徨乎無為其側,逍遙乎寢臥其下?不夭斤斧,物無害者,無所可 用,安所困苦哉!」


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 2

齊物論|齐物论 - Discussão sobre a Igualdade das Coisas

<< Voltar para o início

2.1

Zi Qi de Nan Guo estava sentado a um canto, olhando para o céu e suspirando, como se lamentasse a perda de alguém. Zi You de Yan Cheng, seu discípulo, disse: "o que é isto? Pode o corpo ficar rígido como madeira morta, e a mente fixa como brasa apagada? Este sentado aqui agora não é o mesmo de antes." Zi Qi respondeu: "Yan, você faz bem em perguntar. Agora mesmo eu havia me perdido, você entende? Você pode ter ouvido a música humana, sem ter ouvido ainda a música da Terra; pode ter ouvido a música da Terra, sem ter ouvido ainda a música do céu!" Zi You disse: "ouso perguntar o que quer dizer?" Zi Qi respondeu: "quando a grande Terra respira, nós chamamos vento. Começa em silêncio, mas depois faz dez mil aberturas ecoarem furiosamente. Você nunca ouviu o barulho do vento? Nas respeitáveis e belas florestas das montanhas, nas centenas de buracos e aberturas ao redor das grandes árvores, como narizes, bocas, ouvidos, como crateras, celas, cabaças, como canais, como fossas; borbulhando, zunindo, gritando, sugando, chamando, urrando, apitando, uivando, cantando pela frente e ofegando atrás. A brisa produz uma suave melodia; a ventania, uma grande orquestra, e quando o vento atroz sossega, a multidão de aberturas se aquieta. Você nunca viu essa agitação, essa algazarra? Zi You respondeu: "a música da Terra é feita pelas aberturas naturais, a música humana pelas aberturas da flauta. Ouso perguntar sobre a música do céu." Zi Qi explicou: "sopra nos dez mil seres de forma diferente, de acordo com a sua própria natureza, cada qual seguindo a si próprio, quem pode evitar?"

南郭子綦隱几而坐,仰天而噓,嗒焉似喪其耦。顏成子游立侍乎前,曰:「何居乎?形固可使如槁木,而心 固可使如死灰乎?今之隱几者,非昔之隱几者也。」子綦曰:「偃,不亦善乎而問之也!今者吾喪我,汝知之乎?女聞人籟而未聞地籟,女聞地籟而未聞天籟夫!」子游曰:「敢問其方。」子綦曰:「夫大塊噫氣,其名為風。是唯无作,作則萬竅怒呺。而獨不聞之翏翏乎?山林之畏佳,大木百圍之竅穴,似鼻,似口,似耳,似枅,似圈,似臼,似洼者,似污者;激者,謞者,叱者,吸者,叫者,譹者,宎者,咬者,前者唱于而隨者唱喁。泠風則小和,飄風則大和,厲風濟則眾竅為虛。而 獨不見之調調、之刁刁乎?」子游曰:「地籟則眾竅是已,人籟則比竹是已。敢問天籟。」子綦曰:「夫吹萬不同,而使其自已也,咸其自取,怒者其誰邪!」


2.2

O grande conhecimento é tranquilo, o pequeno conhecimento é inquieto; a grande fala é ardente, a pequena fala entediante. Atento ao espírito enquanto dorme, aberto às formas ao despertar, presenciando e modificando o mundo, diariamente a mente disputa. Questões simples, outras profundas, algumas secretas. Aborrecidos por pequenos medos, paralisados por grandes temores. Emitindo palavras certeiras como flechas, buscando arbitrar o certo e o errado; imóveis como um juramento, buscando alcançar a vitória; mas como o inverno que mata, suas palavras vão enfraquecendo dia a dia; presos aos seus afazeres, sem poder voltar atrás; seu cansaço se fixa, as palavras se esgotam; o coração se aproxima da morte, não pode mais voltar à vida. Prazer e dor, lamento e alegria, angústias e arrependimento, indecisão e medo, vêm e vão se alternando; como a música que sai dos ocos, como o fungo na umidade. Dia e noite se alternam à nossa frente, mas não sabemos de onde vêm. Deixe estar! É o bastante! O sol nasce e se põe, é o que temos, e é o que permite a vida!

大知閑閑,小知閒閒;大言炎炎,小言詹詹。其寐也魂交,其覺也形開,與接為構,日以心鬭。縵者,窖者,密者。小恐惴惴,大恐縵縵。其發若機栝,其司是非之謂也;其留如詛盟,其守勝之謂也;其殺如秋冬,以言其日消也;其溺之所為之,不可使復之也;其厭也如緘,以言其老洫也;近死之心,莫使復陽也。喜怒哀樂,慮嘆變慹,姚佚啟態;樂出虛,蒸成菌。日夜相代乎前,而莫知其所萌。已乎已乎!旦暮得此,其所由以生乎!


2.3

Sem esses não haveria eu, sem o eu não haveria o que buscar. Estão próximos, mas não sabemos o que os aciona. Parece haver um governante, mas mal vemos seus pupilos. Podemos seguir seus efeitos, mas não vemos sua forma, tem efeitos mas não tem forma. Cem ossos, nove aberturas, seis vísceras, completas e funcionando! Temos alguma preferência? Dizemos gostar de todas? Ou preferimos alguma? Como se dentre todas, algumas agissem como súditas! Mas sendo todas súditas é suficiente para que se governem? ou se revezam como líderes e súditas? Parece mesmo haver uma liderança! Como querer encontrar sua essência e não alcançá-la, ainda assim isso não muda sua essência. Alguém recebe o seu corpo, não o perde até esgotá-lo. Entregando-se às coisas detalhada e exaustivamente, seguindo até o fim como numa cavalgada, e ninguém consegue fazê-lo parar, isso não é uma pena?! A vida inteira labutar e labutar sem ver os frutos dessa labuta, trabalhar duro até à exaustão e não colher os seus frutos, podemos não lamentar? As pessoas dizem que não é a morte, com que proveito? Sua forma muda, a mente naturalmente a segue, podemos não chamar isso de lástima? A vida das pessoas, tão dura e pequena! Ou sou só eu que acho pequena? E há outros que não acham?

非彼無我,非我無所取。是亦近矣,而不知其所為使。若有真宰,而特不得其眹。可行已信,而不見其形,有情而無形。百骸、九竅、六藏,賅而存焉,吾誰與為親?汝皆說之乎?其有私焉?如是皆有,為臣妾乎,其臣妾不足以相治乎。其遞相為君臣乎,其有真君存焉。如求得其情與不得,無益損乎其真。一受其成形,不亡以待盡。與物相刃相靡,其行盡如馳,而莫之能止,不亦悲乎!終身役役而不見其成功,苶然疲役而不知其所歸,可不哀邪!人謂之不死,奚益?其形化,其心與之然,可不謂大哀乎?人之生也,固若是芒乎!其我獨芒,而人亦有不芒者乎!


2.4

Alguém seguir sua mente formada e torná-la seu mestre, quem ficaria sem um mestre? Deve a mente ceder seu lugar e seguir outros como mestres? Até os tolos têm um mestre. Não ter a mente formada mas ter ideias de certo e errado, é como partir hoje para Yue e chegar lá no passado. É como dizer que existe o que não existe. Dizer que existe o que não existe, nem mesmo o mítico Yu poderia saber, quanto mais eu! As palavras não são o soprar do vento. As palavras têm significado, mas há palavras vindas de mentes não formadas. Essas têm significado? Ou não necessariamente têm significado? Espera-se que sejam diferentes dos chamados de filhotes de pássaros, elas também argumentam, ou não argumentam? Pode a Natureza ocultar-se a ponto de haver verdadeiro e falso? Podem as palavras ocultar-se a ponto de haver certo e errado? Pode haver lugar onde a Natureza não exista? Podem existir palavras inaceitáveis? A Natureza se oculta em pequenas formas, o significado se oculta em discursos pomposos. Por isso há confucionistas e mohistas com seu certo e errado, o certo de um é errado para o outro, o errado de um é certo para o outro. Buscando o certo no errado do outro e o errado no certo do outro, não é como usar a iluminação.

夫隨其成心而師之,誰獨且無師乎?奚必知代而心自取者有之?愚者與有焉。未成乎心而有是非,是今日適越而昔至也。是以無有為有。無有為有,雖有神禹,且不能知,吾獨且柰何哉!夫言非吹也。言者有言,其所言者特未定也。果有言邪?其未嘗有言邪?其以為異於鷇音,亦有辯乎,其無辯乎?道惡乎隱而有真偽?言惡乎隱而有是非?道惡乎往而不存?言惡乎存而不可?道隱於小成,言隱於榮華。故有儒、墨之是非,以是其所非,而非其所是。欲是其所非而非其所是,則莫若以明。


2.5

As coisas ou são aquilo, ou são isso. Olhando aquilo você não verá, mas verá se olhar a si mesmo. Por isso é dito: Aquilo vem disso, isso também é causado por aquilo. Isso e aquilo, dizemos que um vem do outro. Contudo, a vida vem da morte, e a morte vem da vida; a possibilidade vem da impossibilidade, a impossibilidade vem da possibilidade; a afirmação vem da negação, a negação vem da afirmação. Por isso o sensato não age assim, mas busca refletir o Cosmos, buscando também o seu "isso". O seu isso é também o seu aquilo, e seu aquilo é também o seu isso. Aquilo também tem o seu certo e o seu errado, este também os tem. Ele tem afinal aquilo e isso, ou não os tem? Quando aquilo e isso não têm mais seus opostos, chamamos o eixo da Natureza. Quando o eixo se encontra no centro da roda, pode então reagir sem se esgotar. Incansavelmente respondendendo às afirmações e às negações. Por isso se diz: "nada é como usar a iluminação."

物無非彼,物無非是。自彼則不見,自知則知之。故曰:彼出於是,是亦因彼。彼是,方生之說也。雖然,方生方死,方死方生;方可方不可,方不可方可;因是因非,因非因是。是以聖人不由,而照之于天,亦因是也。是亦彼也,彼亦是也。彼亦一是非,此亦一是非。果且有彼是乎哉?果且無彼是乎哉?彼是莫得其偶,謂之道樞。樞始得其環中,以應無窮。是亦一無窮,非亦一無窮也。故曰「莫若以明」。


2.6

Usar um dedo para demonstrar que um dedo não é um dedo não é como usar algo que não seja um dedo, para demonstrar que um dedo não é um dedo; usar um cavalo para demonstrar que um cavalo não é um cavalo não é como usar algo que não seja um cavalo, para demonstrar que um cavalo não é um cavalo. O céu é um dedo, as dez mil coisas, um cavalo. O possível é o possível, o impossível, o impossível. A Natureza segue isso e se completa, os seres mostram isso naturalmente. Como é assim? Naturalmente sendo [ou "assim mesmo"]. Como não é assim? Não sendo [ou "quando não é"]. os seres são como são, sendo assim têm suas possibilidades. Nenhum ser não é, nenhum ser não pode. Assim, defender a grama ou a coluna, a severidade ou a graça, o amistoso e o esquisito, a Natureza os interpreta|traduz como o mesmo [como um]. O seu pequeno se completa, sua completude se acaba. Para os seres comuns não há vitórias ou derrotas, pois se unem em um [estão juntos na unidade]. Quem alcança esse saber os reconhece como um, não faz uso das distinções, trata-os como ordinários|comuns. o ordinário é útil; a utilidade é compreendida; a compreensão leva à espontaneidade. Buscar a espontaneidade e obtê-la. Aí se para. Para e não sabe o porquê, eis a Natureza. Tentar unir as coisas, sem conhecer a sua unidade, é chamado três pela manhã. O que são três pela manhã? O criador de macacos, ao dar-lhes castanhas, disse: "Três pela manhã e quatro à noite." Os macacos ficaram todos furiosos. Disse: "então serão quatro pela manhã e três à noite." Os macacos todos ficaram satisfeitos. As realidades eram a mesma, mas o gostar e o desgostar vieram de uma visão parcial. Por isso as pessoas sensatas harmonizam o sim e o não, e descansam|repousam nas regras celestiais, isso é chamado seguir os dois caminhos.

以指喻指之非指,不若以非指喻指之非指也;以馬喻馬之非馬,不若以非馬喻馬之非馬也。天地,一指也;萬物,一馬也。可乎可,不可乎不可。道行之而成,物謂之而然。惡乎然?然於然。惡乎不然?不然於不然。物固有所然,物固有所可。無物不然,無物不可。故為是舉莛與楹,厲與西施,恢恑憰怪,道通為一。其分也,成也;其成也,毀也。凡物無成與毀,復通為一。唯達者知通為一,為是不用而寓諸庸。庸也者,用也;用也者,通也;通也者,得也。適得而幾矣。因是已。已而不知其然,謂之道。勞神明為一,而不知其同也,謂之朝三。何謂朝三?曰狙公賦芧,曰:「朝三而莫四。」眾狙皆怒。曰:「然則朝四而莫三。」眾狙皆悅。名實未虧,而喜怒為用,亦因是也。是以聖人和之以是非,而休乎天鈞,是之謂兩行。


2.7

Os povos antigos tinham um conhecimento extremo. Quão extremo? Para eles, era como se as coisas não existissem, era pois tão extremo, que nada podia ser acrescentado. Depois passaram a considerar que as coisas existiam, mas ainda não as distinguiam. Depois passaram a distinguir as coisas, mas não viam nelas certo e errado. Quando surgiram o certo e o errado, sua Natureza foi prejudicada. Com o prejuízo da sua Natureza, gostos diferentes se formaram. Mas de fato existem ou não existem formação e prejuízo? Havendo formação e prejuízo, o Sr. Zhao tocava seu instrumento; sem formação ou prejuízo, o Sr. Zhao não tocava seu instrumento. Zhao Wen tocava seu instrumento, mestre Kuang agitava sua batuta, Hui Zi debruçava-se em sua escrivaninha, os três conheciam muito! Eram tão bons, cada um em sua arte, que a praticaram até o fim de seus dias. Gostavam muito do que faziam, pois sentiam-se diferentes dos demais, gostavam tanto daquilo que quiseram ensinar aos outros. Tentaram ensinar o que não podia ser ensinado, e assim chegaram à obscura discussão do "rígido" e do "branco". E seus filhos, tentando seguir o rumo dos pais, por toda a vida nada conseguiram. Se isso pode ser chamado sucesso, então eu também obtive sucesso. Se isso não pode ser chamado sucesso, nem eu nem ninguém mais obteve sucesso. Por isso os sensatos procuram suspeitar de sua glória. Não buscam utilidade, mas o ordinário, a isso chamamos usar a iluminação.

古之人,其知有所至矣。惡乎至?有以為未始有物者,至矣盡矣,不可以加矣。其次以為有物矣,而未始有封也。其次以為有封焉,而未始有是非也。是非之彰也,道之所以虧也。道之所以虧,愛之所以成。果且有成與虧乎哉?果且無成與虧乎哉?有成與虧,故昭氏之鼓琴也;無成與虧,故昭氏之不鼓琴也。昭文之鼓琴也,師曠之枝策也,惠子之據梧也,三子之知幾乎!皆其盛者也,故載之末年。唯其好之也,以異於彼,其好之也,欲以明之彼。非所明而明之,故以堅白之昧終。而其子又以文之綸終,終身無成。若是而可謂成乎,雖我亦成也。若是而不可謂成乎,物與我無成也。是故滑疑之耀,聖人之所圖也。為是不用而寓諸庸,此之謂以明。


2.8

Agora por exemplo há este dito, que não sei a que categoria pertence ou não? Pertença ou não, isso já é em si uma categoria, que elimina as diferenças entre este e aquele. De qualquer forma, deixe-me explicar com este dito. Houve um início, e houve um início antes desse início, houve um início antes do início antes desse início. Houve a existência, houve a inexistência, houve um início antes da inexistência, houve um início antes do início antes da inexistência. E de repente existe a inexistência, não sabemos de fato se ela existe ou não. Agora que eu já disse isso, não sei se o que eu disse quer dizer algo ou não?

今且有言於此,不知其與是類乎?其與是不類乎?類與不類,相與為類,則與彼無以異矣。雖然,請嘗言之。有始也者,有未始有始也者,有未始有夫未始有始也者。有有也者,有無也者,有未始有無也者,有未始有夫未始有無也者。俄而有無矣,而未知有無之果孰有孰無也。今我則已有謂矣,而未知吾所謂之其果有謂乎,其果無謂乎?


2.9

Nada no mundo é maior que a ponta de um pêlo no outono, e a grande montanha é pequena; ninguém viveu tanto quanto uma criança morta, e o Velho Peng morreu jovem. O mundo e eu nascemos juntos, e todos os seres comigo somos um. Já que chegamos à unidade, uma palavra pode ser acrescentada? Já que chegamos à unidade, pode não haver espaço para palavras? Um e a palavra são dois, dois e um são três. Se seguirmos assim, mesmo o mais experiente observador não chegará ao final, e ainda menos à essência! Logo, se do nada chegamos a algo, e assim até três, onde podemos chegar partindo do que já existe! Melhor evitar fazer tanto, e nos satisfazer com o agora.

天下莫大於秋豪之末,而大山為小;莫壽乎殤子,而彭祖為夭。天地與我並生,而萬物與我為一。既已為一矣,且得有言乎?既已謂之一矣,且得無言乎?一與言為二,二與一為三。自此以往,巧歷不能得,而況其凡乎!故自無適有,以至於三,而況自有適有乎!無適焉,因是已。


2.10

A Natureza não faz distinções, palavras não têm sentido preciso, agir sobre as coisas tem limites. Deixe-me nomeá-los: esquerda, direita, ordem, justiça, distinções, argumentos, disputas, debates, esses são chamados as Oito Espontaneidades. Fora dos limites do mundo, o sensato especula mas não teoriza; dentro dos limites do mundo, o sensato teoriza mas não comenta. No clássico da primavera e outono, lemos as vontades dos primeiros reis, o sensato comenta mas não debate. Logo, há distinções feitas sem distinções; argumentos feitos sem palavras. Perguntam: como é isso? O sensato acalenta seus pensamentos, enquanto as pessoas comuns argumentam para aparecerem umas às outras. Por isso se diz: Quem discute não enxerga. A grande Natureza não tem nome, o grande argumento não usa palavras, a grande benevolência não parece benevolente, a grande honestidade não conta vantagem, a grande coragem não agride. A Natureza evidente não é toda a Natureza, palavras argumentativas não alcançam o ponto, a benevolência frequente não alcança o que busca, a honestidade pura não desperta confiança, a coragem agressiva não alcança o que busca. Esses cinco são redondos, mas tendem a adquirir arestas. Portanto, o conhecimento que conhece seus limites é o melhor. Quem sabe argumentar sem palavras, quem conhece a Natureza sem nome? Quem tiver tal conhecimento pode ser chamado "governante do céu". Preencha-o sem que se torne cheio, utilize-o sem que se esvazie, e não sabendo de onde tudo isso vem, pode ser chamado brilho oculto. Assim, na Antiguidade Yao perguntou a Shun: "Eu quero atacar Zong, Kuai e Xu Ao, desde que sentei ao trono não esqueço essa ideia. O que acha disso?" Shun respondeu: "Esses três Estados vivem no meio da imensidão selvagem. Como pode não esquecer essa ideia? Antigamente dez sois saíram, iluminando todos os seres, mas a Espontaneidade, como brilha mais!"

夫道未始有封,言未始有常,為是而有畛也。請言其畛:有左,有右,有倫,有義,有分,有辯,有競,有爭,此之謂八德。六合之外,聖人存而不論;六合之內,聖人論而不議。春秋經世,先王之志,聖人議而不辯。故分也者,有不分也;辯也者,有不辯也。曰:何也?聖人懷之,眾人辯之以相示也。故曰:辯也者,有不見也。夫大道不稱,大辯不言,大仁不仁,大廉不嗛,大勇不忮。道昭而不道,言辯而不及,仁常而不成,廉清而不信,勇忮而不成。五者园而幾向方矣。故知止其所不知,至矣。孰知不言之辯,不道之道?若有能知,此之謂天府。注焉而不滿,酌焉而不竭,而不知其所由來,此之謂葆光。故昔者堯問於舜曰:「我欲伐宗、膾、胥敖,南面而不釋然。其故何也?」舜曰:「夫三子者,猶存乎蓬艾之間。若不釋然,何哉?昔者十日並出,萬物皆照,而況德之進乎日者乎!」


2.11

Nie Que perguntou a Wang Ni: "Você sabe em que todos concordam?" Resposta: "Como eu poderia saber! "Você sabe aquilo que não sabe?" Resposta: "Como eu poderia saber!" "Então ninguém sabe?" Resposta: "Como eu poderia saber! Porém, deixe-me tentar explicar. Como posso saber se, aquilo que acredito saber, eu de fato não sei? Como posso saber se, aquilo que acredito não saber, eu de fato sei? Além disso, deixe-me perguntar: Se uma pessoa dormir em um canto úmido, fica com dor nas costas e pode até morrer, mas isso acontece com as enguias? Vivendo nas árvores, uma pessoa ficaria ansiosa e amedrontada, mas isso acontece com os macacos? Desses três, quem conhece o lugar correto para se viver? Pessoas comem animais domésticos, cervos comem grama, centopeias saboream pequenas cobras, corujas e corvos deliciam-se com ratos, desses quatro, quem conhece o alimento mais saboroso? Macacos gostam de macacas, alces vivem em meio aos cervos, enguias nadam entre outros peixes. Mao Qiang e Li Ji eram consideradas belas, se peixes as vissem, nadariam para o fundo; se aves as vissem, voariam para o alto; se cervos as vissem, sairiam em disparada. Desses quatro, quem conhece a verdadeira beleza do mundo? Do meu ponto de vista, os princípios de benevolência e justiça e os caminhos do certo e errado, estão todos misturados e confusos, como podemos conhecer suas definições? Nie Que respondeu: "Se o senhor não conhece o benéfico e o prejudicial, então as Pessoas Perfeitas também não os conhecem?" Wang Ni respondeu: "Pessoas Perfeitas são como espíritos: os mares poderiam ferver e não sentiriam calor, os rios poderiam congelar e não sentiriam frio, tempestades poderiam destruir montanhas, ventos agitarem os oceanos e não sentiriam medo. Tais pessoas montariam os ventos, dirigiriam o Sol e a Lua, e viajariam para além dos quatro mares. Morte e vida não os afetariam, quanto menos princípios de benefício e prejuízo!"

齧缺問乎王倪曰:「子知物之所同是乎?」曰:「吾惡乎知之!」「子知子之所不知邪?」曰:「吾惡乎知之!」「然則物無知邪?」曰:「吾惡乎知之!雖然,嘗試言之。庸詎知吾所謂知之非不知邪?庸詎知吾所謂不知之非知邪?且吾嘗試問乎女:民溼寢則腰疾偏死,鰌然乎哉?木處則惴慄恂懼,猨猴然乎哉?三者孰知正處?民食芻豢,麋鹿食薦,蝍且甘帶,鴟鴉耆鼠,四者孰知正味?猨,猵狙以為雌,麋與鹿交,鰌與魚游。毛嬙、麗姬,人之所美也,魚見之深入,鳥見之高飛,麋鹿見之決驟。四者孰知天下之正色哉?自我觀之,仁義之端,是非之塗,樊然殽亂,吾惡能知其辯!」齧缺曰:「子不知利害,則至人固不知利害乎?」王倪曰:「至人神矣:大澤焚而不能熱,河、漢沍而不能寒,疾雷破山、風振海而不能驚。若然者,乘雲氣,騎日月,而遊乎四海之外。死生无變於己,而況利害之端乎!」


2.12

Qu Que Zi perguntou a Chang Wu Zi: "Eu ouvi Confúcio dizer, 'os sensatos não se envolvem em negócios, não buscam benefícios, não evitam prejuízos, não gostam de pedir, não ficam à margem da Natureza, dizem coisas sem dizer, falam sem nada falar, e seguem alheios às coisas do mundo.' Confúcio disse que essas são palavras precipitadas, mas eu acho que elas seguem a misteriosa Natureza. O que o senhor pensa?" Chang Wu Zi respondeu: "Mesmo o Imperador Amarelo ficaria perplexo ao ouvir isso, o que poderia Confúcio saber a respeito! Além disso, você também está sendo precipitado, vê um ovo e já procura o galo cantando, vê um tiro e já procura a ave assada. Deixe-me tentar lhe explicar de forma metafórica, você escute metaforicamente, está certo? Ao lado do Sol e da Lua, guardando o Universo em seus braços, fazendo tudo coincidir, rejeitando o duvidoso, louvando os pequenos. A multidão trabalha com afinco, os sensatos parecem tolos, vivendo uma longa vida de simplicidade. Os dez mil seres buscam a própria essência, e assim se completam. Como posso saber se o apego à vida não é uma ilusão! Como posso saber se o medo da morte não é como alguém que saiu de casa e não sabe mais voltar! Li Ji era filha do oficial de Ai. Quando foi raptada pelos soldados de Jin, chorou até encharcar seu vestido; ao chegar no palácio real, compartilhou a cama e os aposentos do rei, comeu de sua farta mesa, e arrependeu-se de ter chorado. Como posso saber se os mortos não se arrependem de ter se agarrado tanto à vida! Quem sonha que bebe vinho pode acordar chorando; quem sonha que está chorando pode acordar e ir caçar. Enquanto no sonho, não sabe que está sonhando. De dentro do sonho pode interpretar o próprio sonho, mas só depois de acordar percebe que estava sonhando. E há o grande despertar, após o qual se descobre que isto é um grande sonho, e há os tolos que acreditam estarem acordados, e secretamente julgam saber. Governantes, pastores, convencidos! Confúcio e você, ambos estão sonhando; eu que disse que vocês estão sonhando, também estou sonhando. Essas palavras são chamadas de paradoxo. Depois de milênios, pode haver um grande sábio que nos explique, seria como o Sol nascente encontrar o Sol poente. Já que estamos nessa discussão, se você me vencer, e eu não lhe vencer, quer dizer que você está certo? E eu errado? Se eu lhe vencer, e você não me vencer, quer dizer que eu estou certo? E você errado? Estamos ambos parcialmente certos, ambos parcialmente errados? Estamos ambos totalmente certos, ambos totalmente errados? Eu e você não podemos chegar a um acordo, então as pessoas estão em uma completa escuridão. Quem poderia nos esclarecer? Se chamarmos alguém que concorda com você, por concordar com você, não poderia nos esclarecer. Se chamarmos alguém que concorda comigo, por concordar comigo, não poderia nos esclarecer. Se chamarmos alguém que discorda de ambos, por discordar de ambos, não poderia nos esclarecer. Se chamarmos alguém que concorda com ambos, por concordar com ambos, não poderia nos esclarecer. Portanto, eu, você e os demais não podemos chegar a um acordo, devemos esperar outra pessoa? Lidar com vozes oscilantes é como não lidar com voz alguma. Harmonize-as no horizonte, perceba sua longa evolução, gastando assim o tempo que lhe resta. O que significa 'harmonizá-las no horizonte'? Quer dizer: o certo pode não ser o certo, o óbvio pode não ser o óbvio. Mesmo se o certo for certo, sua diferença para o não certo não será mostrada por argumentos; Mesmo se o óbvio for óbvio, sua diferença para o não óbvio não será mostrada por argumentos. Esqueça os anos, esqueça a justiça, levante-se ao ilimitado, faça dele a sua casa."

瞿鵲子問乎長梧子曰:「吾聞諸夫子,聖人不從事於務,不就利,不違害,不喜求,不緣道,无謂有謂,有謂无謂,而遊乎塵垢之外。夫子以為孟浪之言,而我以為妙道之行也。吾子以為奚若?」長梧子曰:「是黃帝之所聽熒也,而丘也何足以知之!且女亦大早計,見卵而求時夜,見彈而求鴞炙。予嘗為女妄言之,女以妄聽之,奚?旁日月,挾宇宙,為其脗合,置其滑涽,以隸相尊。眾人役役,聖人愚芚,參萬歲而一成純。萬物盡然,而以是相蘊。予惡乎知說生之非惑邪!予惡乎知惡死之非弱喪而不知歸者邪!麗之姬,艾封人之子也。晉國之始得之也,涕泣沾襟;及其至於王所,與王同筐床,食芻豢,而後悔其泣也。予惡乎知夫死者不悔其始之蘄生乎!夢飲酒者,旦而哭泣;夢哭泣者,旦而田獵。方其夢也,不知其夢也。夢之中又占其夢焉,覺而後知其夢也。且有大覺而後知此其大夢也,而愚者自以為覺,竊竊然知之。君乎,牧乎,固哉!丘也,與女皆夢也;予謂女夢,亦夢也。是其言也,其名為弔詭。萬世之後,而一遇大聖知其解者,是旦暮遇之也。既使我與若辯矣,若勝我,我不若勝,若果是也?我果非也邪?我勝若,若不吾勝,我果是也?而果非也邪?其或是也,其或非也邪?其俱是也,其俱非也邪?我與若不能相知也,則人固受其黮闇。吾誰使正之?使同乎若者正之,既與若同矣,惡能正之!使同乎我者正之,既同乎我矣,惡能正之!使異乎我與若者正之,既異乎我與若矣,惡能正之!使同乎我與若者正之,既同乎我與若矣,惡能正之!然則我與若與人俱不能相知也,而待彼也邪?何化聲之相待,若其不相待。和之以天倪,因之以曼衍,所以窮年也。謂和之以天倪?曰:是不是,然不然。是若果是也,則是之異乎不是也亦無辯;然若果然也,則然之異乎不然也亦無辯。忘年忘義,振於無竟,故寓諸無竟。」


2.13

A penumbra perguntou à sombra: "Antes você se movia, agora está parada, antes estava sentada, agora se levanta, por que você é tão descontrolada?" A sombra respondeu: "Eu dependo dos movimentos de alguém! E este alguém por sua vez depende de algum outro movimento! Dependo como a cobra de suas escamas, como a cigarra de suas asas! Como posso saber por que sou assim? Como posso saber por que não seria assim?"

罔兩問景曰:「曩子行,今子止,曩子坐,今子起,何其無特操與?」景曰:「吾有待而然者邪!吾所待又有待而然者邪!吾待蛇蚹、蜩翼邪!惡識所以然?惡識所以不然?」


2.14

Algum tempo atrás Zhuang Zhou sonhou que era uma borboleta, uma borboleta satisfeita, feliz por voar a seu gosto! Não sabia que era Zhou. De repente acordou, e percebeu que era Zhou. Não sabia se era Zhou que sonhara ser borboleta, ou era uma borboleta sonhando ser Zhou? Entre Zhou e uma borboleta, deve haver alguma diferença. Isto é chamado a transformação das coisas.

昔者莊周夢為胡蝶,栩栩然胡蝶也,自喻適志與!不知周也。俄然覺,則蘧蘧然周也。不知周之夢為胡蝶與,胡蝶之夢為周與?周與胡蝶,則必有分矣。此之謂物化。


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 3

養生主|养生主 - Cultivando o Anfitrião da Vida

<< Voltar para o início

3.1

Nossa vida tem um limite, mas o conhecimento é ilimitado. Usar o limitado para buscar o ilimitado é perigoso; conhecer isso e ainda buscar conhecimento, é realmente perigoso. Fazer o bem e evitar a fama, fazer o mal e evitar a punição. Seguindo o caminho do meio, poderá proteger seu corpo, completar sua vida, cuidar das pessoas que ama, viver os seus devidos anos.

吾生也有涯,而知也無涯。以有涯隨無涯,殆已;已而為知者,殆而已矣。為善無近名,為惡無近刑。緣督以為經,可以保身,可以全生,可以養親,可以盡年。


3.2

O cozinheiro Ding cortava um boi para o senhor Wen Hui, o toque de suas mãos, a inclinação dos ombros, o apoio dos pés, o giro dos joelhos, o som das fibras cortadas com precisão, tudo em perfeito ritmo. Como se dançasse a "dança da amoreira", ou escutasse a música de "Jing Shou". O senhor Wen Hui disse: "Grande! Muito bom! Que talento é este!" O cozinheiro Ding guardou a faca, respondendo: "Busco seguir bem a Natureza, que é muito superior ao talento. Quando comecei a cortar bois, apenas via o boi inteiro. Depois de três anos, já não via mais o boi inteiro. Agora, encontro-o com o espírito, não o vejo com os olhos, o corpo sabe parar e deixar o espírito seguir. Seguindo a lógica do tecido, desvio das grandes fibras, ataco os grandes buracos, seguindo sua estrutura natural. Evito as conexões membranosas, e ainda mais os grandes ossos! Um bom cozinheiro usa sua faca por um ano, porque ele corta; Um mau cozinheiro usa sua faca por um mês, porque ele golpeia. Agora eu tenho esta faca há dezenove anos, já cortei milhares de bois com ela, e sua lâmina está como recém-amolada. Porque as juntas têm cavidades, e a lâmina não tem espessura, colocando o sem espessura onde há cavidades, há espaço de sobra para mover a lâmina, é por isso que há dezenove anos a lâmina da faca está como recém-amolada. Contudo, sempre que encontro um problema, examino suas dificuldades, com bastante cuidado, vejo onde parar, avanço devagar. Mexo a faca bem de leve, e com um estalo separo a parte que cai como um torrão de terra. Segurando a faca permaneço de pé, olho ao redor, com tranquila satisfação, limpo e embainho a faca." O senhor Wen Hui disse: "Muito bom! Ouvi as palavras do cozinheiro Ding, e aprendi como cultivar a vida."

庖丁為文惠君解牛,手之所觸,肩之所倚,足之所履,膝之所踦,砉然嚮然,奏刀騞然,莫不中音。合於《桑林》之舞,乃中《經首》之會。文惠君曰:「譆!善哉!技蓋至此乎?」庖丁釋刀對曰:「臣之所好者道也,進乎技矣。始臣之解牛之時,所見无非牛者。三年之後,未嘗見全牛也。方今之時,臣以神遇,而不以目視,官知止而神欲行。依乎天理,批大郤,導大窾,因其固然。技經肯綮之未嘗,而況大軱乎!良庖歲更刀,割也;族庖月更刀,折也。今臣之刀十九年矣,所解數千牛矣,而刀刃若新發於硎。彼節者有間,而刀刃者无厚,以无厚入有間,恢恢乎其於遊刃必有餘地矣,是以十九年而刀刃若新發於硎。雖然,每至於族,吾見其難為,怵然為戒,視為止,行為遲。動刀甚微,謋然已解,如土委地。提刀而立,為之四顧,為之躊躇滿志,善刀而藏之。」文惠君曰:「善哉!吾聞庖丁之言,得養生焉。」


3.3

Gong Wen Xuan viu o Mestre You, assustou-se e disse: "Quem é esta pessoa? Como ele ficou só com uma perna? Isso é do céu, ou das pessoas?" A resposta: "Do céu, não das pessoas. O céu o fez diferente, a aparência das pessoas as une. Por isso eu sei que foi o céu, e não as pessoas."

公文軒見右師而驚曰:「是何人也?惡乎介也?天與,其人與?」曰:「天也,非人也。天之生是使獨也,人之貌有與也。以是知其天也,非人也。」


3.4

Um faisão do pântano dá dez passos para cada bicada, cem passos para beber água, e ainda assim não gostaria de ser mantido em uma gaiola. Seu espírito, ainda que tratado como um rei, não estaria feliz.

澤雉十步一啄,百步一飲,不蘄畜乎樊中。神雖王,不善也。


3.5

Quando Lao Dan morreu, Qin Shi foi ao funeral, berrou três vezes e saiu. Um discípulo perguntou: "O senhor não era amigo do mestre?" "Era" respondeu o outro. "Então lamentar assim, é apropriado?" A resposta: "Naturalmente. No início, achei que era um homem, agora não acho mais. Quando entrei para lamentar, os velhos choravam, como se chorassem seu filho; os pequenos choravam, como se tivessem perdido a mãe. essas pessoas se reuniram, algo havia que não queriam falar e falaram, não queriam chorar e choraram. Isto é fugir das leis naturais e agarrar-se demais aos sentimentos. esquecendo-se de onde recebemos a vida, os antigos chamavam isto a penalidade por fugir das leis naturais. O mestre chegou no momento apropriado; quando foi hora de ir, obedeceu. Aceitando oportunidades e seguindo as leis da vida, o lamento não tem lugar, os antigos chamavam isso de cortar os laços da dominação."

老聃死,秦失弔之,三號而出。弟子曰:「非夫子之友邪?」曰:「然。」「然則弔焉若此,可乎?」曰:「然。始也,吾以為其人也,而今非也。向吾入而弔焉,有老者哭之,如哭其子;少者哭之,如哭其母。彼其所以會之,必有不蘄言而言,不蘄哭而哭者。是遁天倍情,忘其所受,古者謂之遁天之刑。適來,夫子時也;適去,夫子順也。安時而處順,哀樂不能入也,古者謂是帝之縣解。」


3.6

Não podemos apontar de onde vem, mas o fogo é transmitido, e ninguém conhece o seu fim.

指窮於為薪,火傳也,不知其盡也。


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 4

人間世|人间世 - O Mundo Humano

<< Voltar para o início

4.1

Yan Hui se encontrou com Zhong Ni [Confúcio], pedindo-lhe para viajar. Zhong Ni disse: "Para onde vai?" Hui respondeu: "Para o Reino de Wei." E Zhong Ni: "Fazer o que lá?" Hui: "Dizem que o rei de Wei, ainda jovem, age por conta própria, conduz o reino levianamente, sem perceber os próprios excessos, deixa o povo morrer sem se preocupar, os corpos já atulham os pântanos, o povo está indefeso como se fossem vegetais. Já ouvi o senhor dizer: 'se um reino está bem governado, mova-se, se um reino está em caos, visite-o.' Há muitos doentes nas portas dos médicos. Espero usar esses conhecimentos, e talvez aquele reino tenha cura!" Zhong Ni respondeu: "Ah! Corre o risco de ir e acabar punido! A Natureza não pode ser misturada assim, misturando-a ficamos com muito trabalho, muito trabalho leva a problemas, problemas levam a aborrecimento, aborrecimento além de qualquer solução. As pessoas desenvolvidas da antiguidade primeiro desenvolviam a si mesmas, para depois desenvolverem os outros. Sem ter ainda se desenvolvido, como pode desperdiçar seu tempo indo encontrar este homem violento! Além disso, você sabe o que dissipa a Espontaneidade, e aonde leva o conhecimento? A Espontaneidade se dissipa com a fama, e o conhecimento leva a disputas. Os que buscam fama se destroçam mutuamente; os que buscam conhecimento, usam-no para competir. Ambos são armas letais, não são suficientes para uma conduta. Assim, com profunda Espontaneidade e confiança inabalável, ainda assim não alcançou a essência dos outros; não disputa pela fama, mas não alcançou o coração dos demais. E quem busca impor regras de benevolência e justiça a pessoas violentas apenas faz com que lhe odeiem justamente por sua bondade, são assim chamados malditos. Quem é maldito, será pelos outros amaldiçoado, e é a isso que você se arrisca! Além do mais, digamos que ele admire pessoas honradas e despreze as sem valor, que uso haverá em tentar fazê-lo agir diferente? Antes de você emitir sua opinião, o rei usará o que tiver à disposição para vencer o argumento. Seus olhos ficarão perplexos, sua expressão pálida, sua boca vacilará, todo seu ser se conformará, e sua mente estará entregue. Isso será combater fogo com fogo, água com água, o que é chamado agravante; uma vez iniciada, a obediência não terá fim. Se você arriscar ignorar este conselho e falar demais, então morrerá frente a este homem violento. Antigamente, Jie matou Guan Long Feng, Zhou matou o príncipe Bi Gan; todos eram pessoas corretas, dedicadas ao povo, mas por terem desobedecido seus superiores, foram por eles esmagados. Isso porque amavam a fama. Antigamente, Yao atacou Cong, Zhi e Xu Ao, Yu atacou You Hu, os países ficaram arruinados, as pessoas exterminadas, usaram seus exércitos sem parar, incansáveis atrás do lucro. Todos esses são exemplos de busca da fama e do lucro, você não ouviu falar deles? Fama e lucro, nem os sensatos conseguem vencê-los, quanto mais você! Apesar disso, você deve ter um plano, deixe-me ouvi-lo!" Yan Hui disse: "Correto e modesto, perseverante e focado, isso basta?" Zhong Ni respondeu: "O quê! Mas como? O rei é vaidoso e extravagante, seu humor inconstante, as pessoas geralmente não se opõem a ele, pois ele manipula seus sentimentos de forma a controlar seus corações. Tais pessoas não aprendem sequer as lições diárias da Espontaneidade, quanto mais a grande Espontaneidade! Ele insistirá sem mudar, por fora concordará com você, mas por dentro ele não se arrependerá. Como você pode ter sucesso?" "Então por dentro me manterei íntegro e por fora submisso, instruirei fazendo referência aos antigos. Íntegro por dentro, assim um seguidor dos céus. Sendo um seguidor dos céus, sei que o filho dos céus [o rei] é tão filho dos céus quanto todos nós; assim, que me importa se minhas palavras são consideradas boas ou não pelos outros? Assim, as pessoas me têm como uma simples criança, isso é ser um seguidor dos céus. Submisso por fora, assim um seguidor das pessoas. Erguer os braços, ajoelhar-se, dobrar os punhos, eis os rituais dos oficiais, o que todos fazem, como eu ousaria não fazer? Ninguém pode me culpar por fazer o que as pessoas fazem, isso é ser um seguidor das pessoas. Instruir fazendo referência aos antigos, assim um seguidor dos antigos. Ainda que as palavras ensinem e advirtam, são palavras dos antigos, não minhas. Assim, embora íntegro não serei punido, isso é ser um seguidor dos antigos. Se agir assim, isso basta?" Zhong Ni respondeu: "O quê! Mas como? Você tem muitos planos, planeja sem conhecer esse rei; embora firme, é também inocente. Contudo, mesmo que ele pare e te escute, como isso poderá mudá-lo! Ele o escutará como a um professor, apenas."

顏回見仲尼請行。曰:「奚之?」曰:「將之衛。」曰:「奚為焉?」曰:「回聞衛君,其年壯,其行獨,輕用其國,而不見其過,輕用民死,死者以國量乎澤,若蕉,民其无如矣。回嘗聞之夫子曰:『治國去之,亂國就之,醫門多疾。』願以所聞思其則,庶幾其國有瘳乎!」仲尼曰:「譆!若殆往而刑耳!夫道不欲雜,雜則多,多則擾,擾則憂,憂而不救。古之至人,先存諸己,而後存諸人。所存於己者未定,何暇至於暴人之所行!且若亦知夫德之所蕩,而知之所為出乎哉?德蕩乎名,知出乎爭。名也者,相軋也;知也者,爭之器也。二者凶器,非所以盡行也。且德厚信矼,未達人氣;名聞不爭,未達人心。而彊以仁義繩墨之言術暴人之前者,是以人惡有其美也,命之曰菑人。菑人者,人必反菑之,若殆為人菑夫!且苟為悅賢而惡不肖,惡用而求有以異?若唯无詔,王公必將乘人而鬭其捷。而目將熒之,而色將平之,口將營之,容將形之,心且成之。是以火救火,以水救水,名之曰益多,順始无窮。若殆以不信厚言,必死於暴人之前矣。且昔者桀殺關龍逢,紂殺王子比干,是皆脩其身以下傴拊人之民,以下拂其上者也,故其君因其脩以擠之。是好名者也。昔者堯攻叢枝、胥敖,禹攻有扈,國為虛厲,身為刑戮,其用兵不止,其求實无已。是皆求名、實者也,而獨不聞之乎?名、實者,聖人之所不能勝也,而況若乎!雖然,若必有以也,嘗以語我來!」顏回曰:「端而虛,勉而一,則可乎?」曰:「惡!惡可?夫以陽為充孔揚,采色不定,常人之所不違,因案人之所感,以求容與其心。名之曰日漸之德不成,而況大德乎!將執而不化,外合而內不訾,其庸詎可乎!」「然則我內直而外曲,成而上比。內直者,與天為徒。與天為徒者,知天子之與己皆天之所子,而獨以己言蘄乎而人善之,蘄乎而人不善之邪?若然者,人謂之童子,是之謂與天為徒。外曲者,與人之為徒也。擎、跽、曲拳,人臣之禮也,人皆為之,吾敢不為邪!為人之所為者,人亦无疵焉,是之謂與人為徒。成而上比者,與古為徒。其言雖教,讁之實也。古之有也,非吾有也。若然者,雖直不為病,是之謂與古為徒。若是,則可乎?」仲尼曰:「惡!惡可?大多政,法而不諜,雖固,亦无罪。雖然,止是耳矣,夫胡可以及化!猶師心者也。」


4.2

Yan Hui disse: "Não consigo avançar, ouso perguntar a direção." Zhong Ni respondeu: "Jejum, vou te explicar como! Com a mente limitada, acha que será fácil? Aja como se fácil fosse, e o brilhante céu não aprovará." Yan Hui disse: "Nossa família é pobre, há meses não temos vinho ou carne. Isso poderia ser chamado de jejum?" Resposta: "Isso é um jejum ritual, não o jejum da mente." Hui disse: "Ouso perguntar do jejum da mente." Zhong Ni explicou: "Reúna sua vontade, não escute com os ouvidos, mas com a mente, não escute com a mente, mas com a sua essência. A audição para nos ouvidos, a mente para nos significados. Mas a essência, vazia, espera pelas coisas. A Natureza se concentra no vazio. O vazio é o jejum da mente." Yan Hui disse: "O Hui que não sabia ainda usar esse método, aquele era um Hui; agora que o aprendeu, não é mais o mesmo Hui. Isso pode ser chamado de jejum?" O Mestre disse: "Exatamente. Deixe-me explicar! Se puder entrar nos domínios desse príncipe sem buscar a fama; se ele escutar, diga o que tem a dizer, senão cale-se. Não se exponha muito nem o perturbe, chegue em sua casa e lá resida como se não tivesse escolha, assim estará quase lá. Apagar os vestígios do chão é fácil, difícil é não percorrê-lo. Ao lidar com homens, é fácil enganá-los; difícil é enganar os céus. Ouvimos falar de vôo com asas, não ouvimos falar de vôo sem asas; Ouvimos falar de sábios com sabedoria, não ouvimos falar de sábios sem sabedoria. Olhe esta fenda na porta, por onde a luz invade o quarto vazio. A boa fortuna reside no repouso. Quando não há repouso, chamamos 'galopar sentado'. Deixando ouvidos e olhos se comunicarem por dentro, mas mantendo de fora o saber da mente, os espíritos assim virão residir, e ainda mais as pessoas! Eis a transformação dos dez mil seres, à qual se ligaram Yu e Shun, a prática diária de Fu Xi e Ji Qu, ainda mais importante para as pessoas comuns!"

顏回曰:「吾无以進矣,敢問其方。」仲尼曰:「齋,吾將語若!有而為之,其易邪?易之者,皞天不宜。」顏回曰:「回之家貧,唯不飲酒、不茹葷者數月矣。若此,則可以為齋乎?」曰:「是祭祀之齋,非心齋也。」回曰:「敢問心齋。」仲尼曰:「若一志,无聽之以耳而聽之以心,无聽之以心而聽之以氣。聽止於耳,心止於符。氣也者,虛而待物者也。唯道集虛。虛者,心齋也。」顏回曰:「回之未始得使,實自回也;得使之也,未始有回也。可謂虛乎?」夫子曰:「盡矣。吾語若!若能入遊其樊而无感其名,入則鳴,不入則止。无門无毒,一宅而寓於不得已,則幾矣。絕迹易,无行地難。為人使,易以偽;為天使,難以偽。聞以有翼飛者矣,未聞以无翼飛者也;聞以有知知者矣,未聞以无知知者也。瞻彼闋者,虛室生白,吉祥止止。夫且不止,是之謂坐馳。夫徇耳目內通而外於心知,鬼神將來舍,而況人乎!是萬物之化也,禹、舜之所紐也,伏戲、几蘧之所行終,而況散焉者乎!」


4.3

Quando Zi Gao, o duque de Ye, foi enviado a trabalhar em Qi, ele foi perguntar a Confúcio: "O rei me enviou numa missão muito importante; Qi aguarda o seu enviado, devo ser respeitável e paciente. Pessoas comuns já não podem ser pressionadas, ainda menos um príncipe! Estou muito preocupado. O senhor uma vez me disse: 'Em qualquer assunto grande ou pequeno, poucos alcançam sucesso sem compreender a Natureza. Se não houver sucesso num assunto, então haverá aborrecimento devido à Natureza humana; Se houver sucesso num assunto, então haverá aborrecimento devido ao yin-yang. Com ou sem sucesso conseguir evitar aborrecimento, apenas com Espontaneidade é possível.' Minha comida é simples e preparada com facilidade, então a cozinha não requer limpeza. Hoje cedo recebi minhas instruções e à noite estava me refrescando com gelo, como sinto calor! Ainda não sei o assunto da minha missão, e já sinto o aborrecimento devido ao yin-yang; se não houver sucesso nesse assunto, ainda sofrerei o aborrecimento devido à Natureza humana. São dois aborrecimentos, como ministro não me sinto à altura da tarefa, espero que o senhor tenha algum conselho para mim!" Confúcio disse: "Existem no mundo duas máximas: uma é o destino, a outra a justiça. O amor de uma criança por seus pais é destino, não pode ser retirado de seu coração; um ministro servir seus superiores é justiça; se não o fizer, não haverá lugar no mundo para se esconder. Essas são chamadas grandes máximas. Portanto servir a seus pais, seja onde for e com tranquilidade, é o máximo do amor filial; servir a seus superiores, em qualquer assunto e com tranquilidade, é o máximo da lealdade; servir a seu próprio coração, sem se importar com a tristeza ou alegria que isso traga, sabendo não poder evitá-los e contente como se fosse o seu destino, é o máximo da Espontaneidade. Aquele que serve como ministro encontra coisas que não pode evitar, manejando a situação e esquecendo-se de si, não restará tempo para amar a vida ou temer a morte! Este é o caminho a se seguir! Mas deixe-me contar algo que ouvi: Em relações comuns, a proximidade favorece a confiança mútua, a distância nos obriga a confiar em palavras transmitidas por terceiros. Mas transmitir palavras, sejam alegres ou raivosas, é uma das coisas mais difíceis do mundo. Se a mensagem for alegre, deve-se exagerar nas palavras bonitas; se raivosa, deve-se exagerar nas palavras feias. Essas palavras facilmente fogem ao controle, e assim não despertam confiança, causando a desgraça do mensageiro. Por isso o Livro das Regras diz: 'Transmita as palavras corretamente, sem exageros, assim poderá sobreviver.' Além disso um lutador habilidoso no início luta abertamente, depois vai se tornando menos previsível, até apresentar golpes bastante estranhos; os que bebem vinho em uma cerimônia, no início parecem comportados, mas depois se descontrolam, chegando a brincadeiras bastante esquisitas. Em todas as coisas é assim. Começamos com compreensão, acabamos com discórdia; o que era simples no início, se torna imenso no final. Palavras são como vento e ondas, ações podem causar ganhos e perdas. Vento e ondas se movem com facilidade, ganhos e perdas facilmente se tornam um risco. A raiva brota de nada além de palavras habilidosas e discursos parciais. Um animal agonizando não escolhe os seus sons, um ruído vem das suas profundezas, assustando ambos caça e caçador. Se você forçar demais alguém, pode causar uma resposta indigna sem que o outro saiba o porquê. Se não se conhece o porquê das ações, quem saberá onde isso pode acabar! Por isso o Livro das Regras diz: 'Não desvie das ordens dadas, não apresse o resultado.' Ultrapassar esses limites é excessivo. Desviar das ordens ou apressar o resultado coloca em risco as negociações, um bom resultado leva tempo, um resultado medíocre não pode ser corrigido, não se pode tomar cuidado o bastante! Portanto, siga seus afazeres com a mente tranquila, faça o que precisar fazer e busque o caminho do meio, isso deverá bastar. E na hora de retornar com seu relatório, faça como se fosse o seu destino. Essa é a dificuldade."

葉公子高將使於齊,問於仲尼曰:「王使諸梁也甚重,齊之待使者,蓋將甚敬而不急。匹夫猶未可動,而況諸侯乎!吾甚慄之。子常語諸梁也,曰:『凡事若小若大,寡不道以懽成。事若不成,則必有人道之患;事若成,則必有陰陽之患。若成若不成而後無患者,唯有德者能之。』吾食也,執粗而不臧,爨無欲清之人。今吾朝受命而夕飲冰,我其內熱與!吾未至乎事之情,而既有陰陽之患矣;事若不成,必有人道之患。是兩也,為人臣者不足以任之,子其有以語我來!」仲尼曰:「天下有大戒二:其一,命也;其一,義也。子之愛親,命也,不可解於心;臣之事君,義也,無適而非君也,無所逃於天地之間。是之謂大戒。是以夫事其親者,不擇地而安之,孝之至也;夫事其君者,不擇事而安之,忠之盛也;自事其心者,哀樂不易施乎前,知其不可奈何而安之若命,德之至也。為人臣子者,固有所不得已,行事之情而忘其身,何暇至於悅生而惡死!夫子其行可矣!丘請復以所聞:凡交,近則必相靡以信,遠則必忠之以言,言必或傳之。夫傳兩喜兩怒之言,天下之難者也。夫兩喜必多溢美之言,兩怒必多溢惡之言。凡溢之類妄,妄則其信之也莫,莫則傳言者殃。故法言曰:『傳其常情,無傳其溢言,則幾乎全。』且以巧鬥力者,始乎陽,常卒乎陰,大至則多奇巧;以禮飲酒者,始乎治,常卒乎亂,大至則多奇樂。凡事亦然。始乎諒,常卒乎鄙;其作始也簡,其將畢也必巨。夫言者,風波也;行者,實喪也。風波易以動,實喪易以危。故忿設無由,巧言偏辭。獸死不擇音,氣息茀然,於是並生心厲。剋核大至,則必有不肖之心應之,而不知其然也。苟為不知其然也,孰知其所終!故法言曰:『無遷令,無勸成。』過度,益也。遷令、勸成殆事,美成在久,惡成不及改,可不慎與!且夫乘物以遊心,託不得已以養中,至矣。何作為報也!莫若為致命。此其難者。」


4.4

Yan He, chamado a ser instrutor do filho mais velho do duque Ling de Wei, foi consultar Qu Bo Yu: "A natureza deste homem é assassina. Se eu não fizer nada para corrigi-la, ameaço o nosso Estado; se eu fizer algo para corrigi-la, ameaço a mim mesmo. Sua inteligência basta para ver os erros dos outros, mas não para ver os seus próprios. Como posso ajudar numa situação dessas?" Qu Bo Yu respondeu: "Excelente pergunta! Proteja-se, seja cuidadoso, mantenha-se correto! Quanto à sua aparência, o melhor é segui-lo; quanto à sua mente e coração, o melhor é manter a harmonia. Ainda assim, esses dois oferecem riscos. A aparência de segui-lo não deve afetar o seu interior, a harmonia buscada não deve se tornar completa. Se a aparência de segui-lo afetar o seu interior, você será arruinado. Se a sua harmonia se tornar completa, dirão que busca fama, será desprezado e humilhado. Além disso, se ele agir como uma criança, aja como uma criança você também; se ele agir de forma caótica, aja de forma caótica você também; se ele agir sem prudência, aja sem prudência você também. Faça isso até alcançar o ponto em que não há falhas. Você não conhece o louva-a-deus/põe-mesa (inseto da ordem Mantodea)? Vigorosamente estende seus bracinhos tentando parar uma carruagem, não sabe que não pode conseguir, considera magníficos seus próprios talentos. Proteja-se, seja cuidadoso! Se achar que pode usar os seus talentos para enfrentá-lo, pode ser o seu fim. Você não sabe como fazem aqueles que criam tigres? Não ousam alimentá-los com presas vivas, pois matá-las pode despertar o seu instinto agressivo; não ousam alimentá-los com carcaças inteiras, pois despedaçá-las pode despertar o seu instinto agressivo. Conhecendo os horários de fome e satisfação, podem controlar a sua natureza agressiva. Tigres e pessoas são de espécies diferentes, mas seguindo sua natureza é possível adestrá-los; opondo-a, o resultado é a morte. Um senhor amava tanto o seu cavalo, que guardava suas fezes em cestos, e sua urina em jarros. Quando uma mosca pousou no lombo do cavalo, ele tentou matá-la sem pensar, fazendo o animal cuspir o freio, golpear sua cabeça e esmagar seu peito. Quando a atenção é muita, o amor se perde, você se dará ao luxo de não tomar cuidado?"

顏闔將傅衛靈公大子,而問於蘧伯玉曰:「有人於此,其德天殺。與之為無方,則危吾國;與之為有方,則危吾身。其知適足以知人之過,而不知其所以過。若然者,吾奈之何?」蘧伯玉曰:「善哉問乎!戒之慎之,正汝身也哉!形莫若就,心莫若和。雖然,之二者有患。就不欲入,和不欲出。形就而入,且為顛為滅,為崩為蹶。心和而出,且為聲為名,為妖為孽。彼且為嬰兒,亦與之為嬰兒;彼且為無町畦,亦與之為無町畦;彼且為無崖,亦與之為無崖。達之,入於無疵。汝不知夫螳蜋乎?怒其臂以當車轍,不知其不勝任也,是其才之美者也。戒之慎之!積伐而美者以犯之,幾矣。汝不知夫養虎者乎?不敢以生物與之,為其殺之之怒也;不敢以全物與之,為其決之之怒也。時其飢飽,達其怒心。虎之與人異類而媚養己者,順也;故其殺者,逆也。夫愛馬者,以筐盛矢,以蜄盛溺。適有蚉虻僕緣,而拊之不時,則缺銜、毀首、碎胸。意有所至,而愛有所亡,可不慎邪!」


4.5

O carpinteiro Shi ia para Qi; quando chegou em Qu Yuan, viu um carvalho no santuário para os deuses da terra. Seus grandes galhos davam sombra a milhares de cabeças de gado, tinha cem palmos de circunferência, ultrapassava as montanhas ao fundo dando galhos trinta metros acima, com os quais se poderia fazer as laterais de dez ou mais barcos. Multidões a observavam como numa feira, e ainda assim o carpinteiro seguiu sem se deter. Seu aprendiz a observou até enjoar, depois alcançou o carpinteiro, dizendo: "Desde que apanhei meu machado para segui-lo, nunca vi madeira tão bela. O senhor não se preocupou em olhá-la, foi embora sem parar, por quê?" O mestre respondeu: "Já chega, nem mais uma palavra! Esta árvore não presta, faça um barco com ela e ele afundará, faça um caixão e ele logo apodrecerá, faça ferramentas e elas logo quebrarão, faça uma porta e ela ficará melada de resina, faça um poste e os insetos o devorarão. Não é madeira de qualidade, não tem uso algum, por isso está viva há tanto tempo." Depois que o carpinteiro voltou para casa, o carvalho do santuário apareceu em seu sonho, dizendo: "Então com o que é que você me compara? Com uma dessas madeiras de lei? Ou com a macieira, a pêra, a tangerina, a lima ou outro desses arbustos frutíferos, quando amadurecem são esfoladas e humilhadas, os ramos maiores são quebrados, os pequenos arrancados. Por isso sua vida é amarga, não podem viver todos os seus anos e acabam morrendo jovens, são assim destruídas pelo povo. Nada escapa a isso. Assim eu venho tentando ser inútil há muito tempo, quase morri, mas consegui descobrir, e isso para mim é muito útil. Caso eu fosse útil, teria conseguido chegar a este tamanho? Além disso, você e eu somos ambos seres vivos, como pode um saber do outro? E um velho quase morto como você, o que pode saber de uma árvore velha como eu!" O carpinteiro Shi acordou e contou o seu sonho. Seu aprendiz disse: "Interessada em se tornar inútil, como então ela se tornou uma árvore sagrada?" O mestre respondeu: "Quieto! Não diga mais nada! Ela apenas vive lá, fazendo com que aqueles que não a conhecem não a maltratem. Não estivesse num santuário, já teriam tentado cortá-la! Além disso, sua maneira de proteger-se é diferente da maioria das pessoas, e julgá-la por isso é passar longe da questão!"

匠石之齊,至乎曲轅,見櫟社樹。其大蔽數千牛,絜之百圍,其高臨山十仞而後有枝,其可以為舟者旁十數。觀者如市,匠伯不顧,遂行不輟。弟子厭觀之,走及匠石,曰:「自吾執斧斤以隨夫子,未嘗見材如此其美也。先生不肯視,行不輟,何邪?」曰:「已矣,勿言之矣!散木也,以為舟則沈,以為棺槨則速腐,以為器則速毀,以為門戶則液樠,以為柱則蠹。是不材之木也,無所可用,故能若是之壽。」匠石歸,櫟社見夢曰:「女將惡乎比予哉?若將比予於文木邪?夫柤、梨、橘、柚、果、蓏之屬,實熟則剝,剝則辱,大枝折,小枝泄。此以其能苦其生者也,故不終其天年而中道夭,自掊擊於世俗者也。物莫不若是。且予求無所可用久矣,幾死,乃今得之,為予大用。使予也而有用,且得有此大也邪?且也,若與予也皆物也,奈何哉其相物也?而幾死之散人,又惡知散木!」匠石覺而診其夢。弟子曰:「趣取無用,則為社何邪?」曰:「密!若無言!彼亦直寄焉,以為不知己者詬厲也。不為社者,且幾有翦乎!且也,彼其所保,與眾異,以義譽之,不亦遠乎!」


4.6

Nan Bo Zi Qi passeava pelas montanhas de Shang, quando viu uma árvore grande e peculiar, mil carruagens de quatro cavalos podiam se abrigar em sua sombra imensa. Zi Qi falou: "Que árvore é esta? Ela deve ter uma madeira excepcional!" Olhou para cima e viu seus finos ramos, tão tortos que não serviam para fazer vigas; olhou para baixo e viu sua base espessa, tão cheia de reentrâncias que não servia para fazer caixões; lambeu uma folha, apenas para ficar com a boca inchada e dolorida; cheirou-a, era o bastante para deixar um homem intoxicado por três dias. Zi Qi disse: "Esta árvore de fato não presta, por isso ficou tão grande. Ah! Só uma pessoa espiritual poderia usar essa inutilidade!" No distrito de Jing Shi, em Song, crescem bem a catalpa, o cipreste, a amoreira. Aquelas de um palmo ou dois de circunferência, derrubam-nas para terem onde prender seus macacos; as que têm três ou quatro palmos, derrubam-nas para enfeitarem casas altas e vistosas; as de sete ou oito palmos, derrubam-nas para fazerem caixões de nobres e de ricos comerciantes. Por isso não completam o seu tempo de vida natural, morrendo pelo machado no meio do caminho, esse é o problema trazido pelas suas qualidades. Assim, o Jie recomenda que bois de testa branca, porcos de focinho empinado, e pessoas com hemorróidas, não são adequados para o sacrifício ao Rio. Isto é algo que todos os xamãs sabem, e os consideram infelizes, pelo mesmo motivo as pessoas espirituais os consideram extremamente felizes.

南伯子綦遊乎商之丘,見大木焉有異,結駟千乘,隱將芘其所藾。子綦曰:「此何木也哉?此必有異材夫!」仰而視其細枝,則拳曲而不可以為棟梁;俯而見其大根,則軸解而不可為棺槨;咶其葉,則口爛而為傷;嗅之,則使人狂酲三日而不已。子綦曰:「此果不材之木也,以至於此其大也。嗟乎!神人以此不材!」宋有荊氏者,宜楸、柏、桑。其拱把而上者,求狙猴之杙者斬之;三圍四圍,求高名之麗者斬之;七圍八圍,貴人富商之家求樿傍者斬之。故未終其天年,而中道已夭於斧斤,此材之患也。故解之以牛之白顙者,與豚之亢鼻者,與人有痔病者,不可以適河。此皆巫祝以知之矣,所以為不祥也,此乃神人之所以為大祥也。


4.7

O deformado Shu, seu queixo escondia o umbigo, seus ombros mais altos que a cabeça, seu cabelo unido apontava para o céu, os cinco órgãos vitais comprimidos no alto do tórax, suas coxas saíam pelos lados do tronco. Costurando ou lavando, conseguia se alimentar; peneirando e limpando arroz, conseguia alimentar dez pessoas. Quando o governo recrutava guerreiros, o deformado levantava seus braços em meio à multidão; quando recrutavam trabalhadores para uma atividade penosa, o deformado era dispensado devido à sua enfermidade; quando distribuíam alimento entre os doentes, ele recebia três porções e ainda dez feixes de lenha. Mesmo tendo um corpo deformado, ele ainda podia se alimentar e completar os seus anos de vida, quanto mais não poderia se lhe faltasse apenas a Espontaneidade!

支離疏者,頤隱於臍,肩高於頂,會撮指天,五管在上,兩髀為脅。挫鍼治繲,足以餬口;鼓筴播精,足以食十人。上徵武士,則支離攘臂而遊於其間;上有大役,則支離以有常疾不受功;上與病者粟,則受三鐘與十束薪。夫支離其形者,猶足以養其身,終其天年,又況支離其德者乎!


4.8

Quando Confúcio estava em Chu, Jie Yu, o louco de Chu, passou por sua porta, gritando: "Oh Fênix! Oh Fênix! Eis que a Espontaneidade declina! Não podemos esperar o futuro, não podemos buscar o passado. Quando a Natureza predomina, os sensatos têm sucesso; quando a Natureza não predomina, os sensatos sobrevivem. Nos dias de hoje, tentam apenas escapar à punição. A felicidade é leve como a pluma, mas ninguém sabe segurá-la; a desgraça é pesada como a Terra, mas ninguém sabe evitá-la. Chega! Basta de se aproximar das pessoas ensinando a sua Espontaneidade! Arriscado! É arriscado traçar uma linha no chão e decidir o seu lado! Espinheiro! Espinheiro! Não prejudique nosso caminho! Nosso caminho pode ser tortuoso, mas não ferimos os nossos pés!"

孔子適楚,楚狂接輿遊其門曰:「鳳兮鳳兮,何如德之衰也!來世不可待,往世不可追也。天下有道,聖人成焉;天下無道,聖人生焉。方今之時,僅免刑焉。福輕乎羽,莫之知載;禍重乎地,莫之知避。已乎已乎,臨人以德!殆乎殆乎,畫地而趨!迷陽迷陽,無傷吾行!吾行卻曲,無傷吾足!」


4.9

As árvores na montanha por sua Natureza são roubadas, o óleo por sua Natureza é queimado. A casca da canela pode ser comida, por isso a árvore é derrubada; a laca pode ser usada, por isso sua árvore é cortada. Todos sabem a utilidade de ser útil, mas ninguém sabe a utilidade de ser inútil.

山木自寇也,膏火自煎也。桂可食,故伐之;漆可用,故割之。人皆知有用之用,而莫知無用之用也。


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 5

德充符 - Sinal de Espontaneidade Satisfeita

<< Voltar para o início

5.1

Em Lu havia um perneta chamado Wang Tai, os que viajavam para vê-lo eram tantos quanto os que viajavam para ver Confúcio. Chang ji perguntou a Confúcio: "Wang Tai, um perneta, e divide com o mestre as multidões de Lu que os visitam. Levanta-se e não prega, senta-se e não debate, mas eles chegam vazios e retornam cheios. Haverá esse ensinar sem palavras, um ser deformado pode ter o coração completo? Que tipo de pessoa é essa? Confúcio respondeu: "É um cavalheiro sensato. Estou ficando para trás por não ter ido vê-lo ainda. Espero tê-lo como um mestre, quanto mais deveriam aqueles que não são como eu! Por que apenas o país de Lu? Atrairei o mundo inteiro para segui-lo!" Chang Ji disse: "Ele é aleijado, e os homens o chamam mestre, deve ser mesmo excepcional. Se for assim, de que forma única ele deve usar sua mente?" Confúcio disse: "Morte e vida são grandes assuntos, mas não mexem com ele; ainda que os céus desabassem, ele não seria perturbado. Examina a fundo e não se deixa levar pelos demais, seu destino pode ser diverso, mas ele guarda as suas origens." "Como assim?" perguntou Chang Ji. Confúcio respondeu: "Se você olhar as coisas em suas diferenças, há o fígado e o intestino, (os reinos de) Chu e Yue; se você olhá-las em sua igualdade, todos os seres se tornam um. Quando alcança este ponto, ele não busca saber o que o trazem olhos e ouvidos, mas deixa sua mente vagar na harmonia da Espontaneidade; vendo os seres como um, não vê suas perdas, a perda do seu pé é para ele como perder um punhado de terra." Chang Ji disse: "Ele se percebe, seu intelecto compreende sua mente, sua mente compreende a mente comum, mas por que é que gostam tanto dele?" Confúcio respondeu: "As pessoas não se olham na água corrente, mas na água parada, apenas a quietude pode deixar as multidões quietas. A graça da Terra foi dada ao pinheiro e ao cipreste, que do inverno ao verão estão verdes, verdes; A graça dos céus foi dada a Yao e Shun que puderam ser íntegros, tendo a sorte de serem íntegros, puderam tornar íntegros os demais. A perda do medo é sinal de que alguém guarda as suas origens. Um herói sozinho penetra bravamente entre nove exércitos. A busca pela fama já produz esse resultado, quanto mais um profundo conhecimento sobre os céus e a Terra, o governo de todos os seres, fazendo do corpo apenas sua morada, tornando a forma das coisas na unidade do seu conhecimento, e sua mente despreocupada com a morte! E se ele decidir um dia partir, muitos o seguirão. Mas que interesse ele pode ter nos assuntos deles?"

魯有兀者王駘,從之遊者,與仲尼相若。常季問於仲尼曰:「王駘,兀者也,從之遊者,與夫子中分魯。立不教,坐不議,虛而往,實而歸。固有不言之教,無形而心成者邪?是何人也?」仲尼曰:「夫子,聖人也。丘也,直後而未往耳。丘將以為師,而況不如丘者乎!奚假魯國!丘將引天下而與從之。」常季曰:「彼兀者也,而王先生,其與庸亦遠矣。若然者,其用心也,獨若之何?」仲尼曰:「死生亦大矣,而不得與之變,雖天地覆墜,亦將不與之遺。審乎無假,而不與物遷,命物之化,而守其宗也。」常季曰:「何謂也?」仲尼曰:「自其異者視之,肝膽楚越也;自其同者視之,萬物皆一也。夫若然者,且不知耳目之所宜,而游心於德之和,物視其所一,而不見其所喪,視喪其足,猶遺土也。」常季曰:「彼為己,以其知得其心,以其心得其常心,物何為最之哉?」仲尼曰:「人莫鑑於流水,而鑑於止水,唯止能止眾止。受命於地,唯松柏獨也在,冬夏青青;受命於天,唯舜獨也正,幸能正生,以正眾生。夫保始之徵,不懼之實。勇士一人,雄入於九軍。將求名而能自要者,而猶若此,而況官天地,府萬物,直寓六骸,象耳目,一知之所知,而心未嘗死者乎!彼且擇日而登假,人則從是也。彼且何肯以物為事乎!」


5.2

Shen Tu Jia (Excelente Discípulo Espiritual) era outro aleijado (naquela época cortava-se um pé de criminosos médios, um dedo para crimes menores, etc), e junto com Zi Chan (Produtor de Crianças, um famoso estadista) de Zheng era discípulo de Bo Hun Wu Ren (Pai Sutileza Desabitada). Zi Chan disse a Shen Tu Jia: "Se eu sair primeiro, você espere um pouco; se você sair primeiro, eu esperarei um pouco." No dia seguinte, os dois se reuniram no salão e sentaram no mesmo tapete. Zi Chan disse a Shen Tu Jia: "Se eu sair primeiro, você espere um pouco; se você sair primeiro, eu esperarei um pouco. Hoje eu sairei na frente, você poderá esperar um pouco ou não? Além disso, você encontra um chefe-de-estado e não se distancia, você se acha no mesmo nível de um chefe-de-estado?" Shen Tu Jia disse: "Na casa do Mestre, claro que há um chefe, mas assim? Você foi nomeado chefe-de-estado e por isso se acha superior aos outros! Há um ditado: 'um espelho é brilhante então a poeira não assentou, a poeira assenta então não é mais brilhante. Convivendo bastante com uma pessoa valorosa, aprendemos a não errar.' Agora você busca a grandeza com o nosso Mestre, e no entanto diz algo assim, isso não é errado também?" Zi Chan respondeu: "Você está nesta situação (aleijado|condenado), mas quer disputar em bondade com Yao [sábio rei da Antiguidade, já lendário naquela época], por que não reconhece que sua Virtude não é bastante e cuida de si mesmo?" Shen Tu Jia falou: "Os que escondem sua culpa fugindo do castigo são muitos, os que não escondem a culpa e aceitam ser castigados são poucos. Reconhecer o que não pode ser mudado e aceitá-lo tranquilamente como seu destino, apenas quem tem Espontaneidade pode fazê-lo. Quem andar no campo onde Yi pratica o arco-e-flecha estará no caminho das flechas, e estar lá, e não ser pego por nenhuma, eis o destino. Pessoas com os pés intactos que riram por eu não ter um pé foram muitas. Eu ficava com raiva, furioso mesmo, então conheci o Mestre e aprendi a abandonar esses pensamentos e voltar ao normal. Sem que eu soubesse o Mestre lavou isso de mim com sua bondade! Eu já estou com o Mestre há dezenove anos, e ele nunca mencionou o fato de eu ser aleijado. Agora você e eu buscamos o que é interior ao nosso ser, e você se dirige a mim com base no que é exterior, isso não é errado?" Zi Chan se sentiu incomodado, mudou sua expressão e disse: "Você não precisa dizer mais nada!"

申徒嘉,兀者也,而與鄭子產同師於伯昏無人。子產謂申徒嘉曰:「我先出,則子止;子先出,則我止。」其明日,又與合堂同席而坐。子產謂申徒嘉曰:「我先出,則子止;子先出,則我止。今我將出,子可以止乎,其未邪?且子見執政而不違,子齊執政乎?」申徒嘉曰:「先生之門,固有執政焉如此哉?子而說子之執政而後人者也!聞之曰:『鑑明則塵垢不止,止則不明也。久與賢人處,則無過。』今子之所取大者,先生也,而猶出言若是,不亦過乎!」子產曰:「子既若是矣,猶與堯爭善,計子之德不足以自反邪?」申徒嘉曰:「自狀其過以不當亡者眾,不狀其過以不當存者寡。知不可奈何而安之若命,惟有德者能之。遊於羿之彀中,中央者,中地也,然而不中者,命也。人以其全足笑吾不全足者多矣。我怫然而怒,而適先生之所,則廢然而反。不知先生之洗我以善邪!吾與夫子遊十九年矣,而未嘗知吾兀者也。今子與我遊於形骸之內,而子索我於形骸之外,不亦過乎!」子產蹴然改容更貌曰:「子無乃稱!」


5.3

Havia outro aleijado em Lu chamado Shu Shan Wu Zhi (Tio da Montanha sem Dedos nos Pés), que veio caminhando sobre os calcanhares para ver Confúcio. Confúcio disse: "Você não teve cuidado, e por cometer um crime ficou assim. Agora vem me procurar, de que adianta?" Wu Zhi falou: "Eu não sabia bem o que devia fazer e fui descuidado com meu corpo, por isso perdi os pés. Agora venho aqui, trago algo mais honrado que os pés, e que pretendo manter inteiro. Não há pessoa que o céu não cubra, que a Terra não sustente, pensei que o senhor fosse como o céu e a Terra, não esperava ser recebido assim!" Confúcio respondeu: "Então eu fui estúpido. O senhor não quer entrar? Por favor, vamos conversar!" Wu Zhi foi embora. Confúcio falou: "Coragem, discípulos! Este senhor não tem os dedos dos pés, é um aleijado, ainda assim quer estudar para corrigir seus erros passados, quanto mais não devem estudar os que ainda não erraram!" Wu Zhi disse a Lao Dan (Lao Zi): "Confúcio alcançou a iluminação, ou ainda não? Por que ele vem tão ansioso estudar com o senhor? Ele parece buscar a fama com suas ideias grandiosas e estranhas, não sabe que a fama é como uma prisão para a pessoa iluminada?" Lao Dan respondeu: "Por que você não lhe mostra que a morte e a vida são partes do mesmo fio, que o possível e o impossível estão amarrados lado a lado? isso poderia libertá-lo dessa prisão, não acha?" Wu Zhi falou: "Se ele acha que é um castigo do céu, como poderíamos libertá-lo?"

魯有兀者叔山無趾,踵見仲尼。仲尼曰:「子不謹,前既犯患若是矣。雖今來,何及矣?」無趾曰:「吾唯不知務而輕用吾身,吾是以亡足。今吾來也,猶有尊足者存,吾是以務全之也。夫天無不覆,地無不載,吾以夫子為天地,安知夫子之猶若是也!」孔子曰:「丘則陋矣。夫子胡不入乎?請講以所聞!」無趾出。孔子曰:「弟子勉之!夫無趾,兀者也,猶務學以復補前行之惡,而況全德之人乎!」無趾語老聃曰:「孔丘之於至人,其未邪!彼何賓賓以學子為?彼且蘄以諔詭幻怪之名聞,不知至人之以是為己桎梏邪?」老聃曰:「胡不直使彼以死生為一條,以可不可為一貫者,解其桎梏,其可乎?」無趾曰:「天刑之,安可解?」


5.4

O Duque Ai de Lu perguntou a Confúcio: "Em Wei há um homem horroroso, chamado Ai Tai Ta (Cara de Cavalo Esgotado). Senhores que vivem com ele, pensam mas não conseguem abandoná-lo. Senhoritas ao vê-lo, imploram a seus pais: 'Ao invés de me casar com um cavalheiro, prefiro me tornar concubina do Mestre' - isso, dezenas já falaram e continuam falando. Ele não impõe sua vontade aos outros, geralmente entra em harmonia apenas. Não tem contatos influentes que possam salvar alguém da morte, nem possui ricas poupanças para encher as barrigas de quem tem fome. Além disso é tão feio que assusta o mundo inteiro, harmoniza mas não ordena, seu conhecimento não vai além da sua própria região, e mesmo assim mulheres e homens se unem para acompanhá-lo. Essa deve ser uma pessoa muito especial. Eu o convidei para conhecê-lo, e confirmo que sua feiúra assusta qualquer um. Vivemos juntos, e não haviam passado alguns meses, e eu começava a ter uma ideia do tipo de pessoa que ele era; não convivemos nem um ano, e eu já confiava nele. A Nação estava sem líder, eu ofereci o cargo a ele. Aceitou depois de hesitar, como se preferisse a renúncia. Eu fiquei envergonhado, mas finalmente lhe cedi o trono. Logo depois, abandonou-me e partiu, eu fiquei desolado como se perdesse alguém, como se não houvesse mais ninguém com quem compartilhar as alegrias da Nação. Que tipo de pessoa é essa?" Confúcio respondeu: "Uma vez eu fui enviado a Chu, no caminho vi uns porquinhos que se alimentavam da mãe já morta, Pouco depois ainda confusos, todos eles desistiram e saíram andando. Não se parecia mais com eles, não pareciam mais da mesma espécie. O que eles amavam em sua mãe, não era a sua forma exterior, amavam o que animava aquela forma por dentro. Quando alguém morre na guerra, e os seus vão enterrá-lo, não fazem uma homenagem luxuosa, um homem amputado não tem porque valorizar sandálias, nos dois casos o propósito está perdido. Quem se torna concubina do Imperador, não corta as unhas, nem fura as orelhas; funcionários que se casam passam a viver fora do palácio, não podem ser empregados novamente. Ter o corpo inteiro é o bastante para ser aceito, quanto mais quem tem a Espontaneidade inteira! Agora Ai Tai Ta nada diz e confiam nele, nada faz e o estimam, estadistas lhe oferecem o trono, temendo apenas sua recusa, ele deve ter a habilidade completa e a Espontaneidade sem forma." O Duque Ai perguntou: "Como assim habilidade completa?" Confúcio disse: "Morte e vida, existir e perecer, exausto e eminente, pobre e rico, valor e desprezo, ruína e fama, fome e sede, frio e calor, são as mudanças das coisas, o caminhar do destino; dia e noite elas se sucedem, e o conhecimento não pode ver de onde vêm. Por isso não devem prejudicar a harmonia, nem penetrar no domínio do espírito. Fazer com que sua harmonia seja profundamente livre sem se dissipar, e dia e noite sem parar viver como a primavera entre os outros seres, recebendo e nutrindo a estação em seu próprio coração. Isso é chamado habilidade completa." "E o que quer dizer Espontaneidade sem forma?" A resposta: "Das coisas planas, a água parada é incomparável. Podemos usá-la como exemplo, por dentro guarda suas riquezas e por fora não se perturba. A Espontaneidade vem da conquista e conservação dessa harmonia. A Espontaneidade sem forma externa, os seres não podem abandoná-la." Dias depois o Duque Ai disse a Min Zi: "No início, eu me sentava de frente pro Sul e governava o Mundo, regulando as pessoas e lamentando sua morte, eu acreditava haver cumprido minha tarefa. Agora que ouvi as palavras desse homem realizado, temo não tê-las compreendido, e que tenha usado meu corpo de forma leviana, perdendo assim a Nação. Eu e Confúcio, não somos soberano e súdito, mas amigos na Espontaneidade e isso é tudo."

魯哀公問於仲尼曰:「衛有惡人焉,曰哀駘它。丈夫與之處者,思而不能去也。婦人見之,請於父母曰『與為人妻,寧為夫子妾』者,十數而未止也。未嘗有聞其唱者也,常和而已矣。無君人之位以濟乎人之死,無聚祿以望人之腹。又以惡駭天下,和而不唱,知不出乎四域,且而雌雄合乎前。是必有異乎人者也。寡人召而觀之,果以惡駭天下。與寡人處,不至以月數,而寡人有意乎其為人也;不至乎期年,而寡人信之。國無宰,寡人傳國焉。悶然而後應,氾而若辭。寡人醜乎,卒授之國。無幾何也,去寡人而行,寡人卹焉若有亡也,若無與樂是國也。是何人者也?」仲尼曰:「丘也,嘗使於楚矣,適見㹠子食於其死母者,少焉眴若,皆棄之而走。不見己焉爾,不得類焉爾。所愛其母者,非愛其形也,愛使其形者也。戰而死者,其人之葬也,不以翣資,刖者之屨,無為愛之,皆無其本矣。為天子之諸御,不爪翦,不穿耳;娶妻者止於外,不得復使。形全猶足以為爾,而況全德之人乎!今哀駘它未言而信,無功而親,使人授己國,唯恐其不受也,是必才全而德不形者也。」哀公曰:「何謂才全?」仲尼曰:「死生存亡,窮達貧富,賢與不肖,毀譽、饑渴、寒暑,是事之變,命之行也;日夜相代乎前,而知不能規乎其始者也。故不足以滑和,不可入於靈府。使之和豫通而不失於兌,使日夜無郤而與物為春,是接而生時於心者也。是之謂才全。」「何謂德不形?」曰:「平者,水停之盛也。其可以為法也,內保之而外不蕩也。德者,成和之修也。德不形者,物不能離也。」哀公異日以告閔子曰:「始也,吾以南面而君天下,執民之紀,而憂其死,吾自以為至通矣。今吾聞至人之言,恐吾無其實,輕用吾身而亡其國。吾與孔丘,非君臣也,德友而已矣。」


5.5

Um corcunda deformado e sem lábios aconselhava o Duque Ling de Wei, o Duque Ling o admirava tanto, a ponto de achar que um homem perfeitamente formado tinha o pescoço fino demais. Um homem com o papo do tamanho de uma cabaça aconselhava o Duque Huan de Qi, o Duque Huan o admirava tanto, a ponto de achar que um homem perfeitamente formado tinha o pescoço fino demais. Por isso, quando a Espontaneidade é ampla, a aparência é esquecida, as pessoas não se esquecem do que deveriam esquecer, e se esquecem do que não deveriam, eis o chamado verdadeiro esquecimento. Por isso as pessoas sensatas perambulam, o conhecimento para elas é um incômodo, os pactos são como cola, a virtude uma forma de conexão, o trabalho algo a ser vendido. As pessoas sensatas não buscam, que uso fariam do conhecimento? Não separam, que uso fariam da cola? Não lamentam, que uso fariam da virtude? Não produzem bens, que uso fariam do comércio? Esses quatro, são um mingau celestial. O mingau celestial, é como ser alimentado pelo céu. Recebendo seu alimento do céu, que uso fariam das pessoas? Têm a forma humana, mas não as paixões comuns à humanidade. Por terem a forma humana, misturam-se com as pessoas; por não terem as mesmas paixões humanas, questões de certo e errado não lhes afetam. Pequeno, insignificante! Seu lugar em meio à multidão. Grande, enorme! Sua conquista perante o céu.

闉跂支離無脤說衛靈公,靈公說之,而視全人,其脰肩肩。甕盎大癭說齊桓公,桓公說之,而視全人,其脰肩肩。故德有所長,而形有所忘,人不忘其所忘,而忘其所不忘,此謂誠忘。故聖人有所遊,而知為孽,約為膠,德為接,工為商。聖人不謀,惡用知?不斲,惡用膠?無喪,惡用德?不貨,惡用商?四者,天鬻也。天鬻者,天食也。既受食於天,又惡用人?有人之形,無人之情。有人之形,故群於人;無人之情,故是非不得於身。眇乎小哉!所以屬於人也。謷乎大哉!獨成其天。


5.6

Hui Zi perguntou a Zhuang Zi: "Existem pessoas sem paixões?" Zhuang Zi respondeu: "Claro." Hui Zi disse: "Mas uma pessoa sem paixões, pode ser considerada uma pessoa?" Zhuang Zi respondeu: "A Natureza lhes dá aparência, o céu lhes dá forma, por que não seriam consideradas pessoas?" Hui Zi disse: "Se são pessoas, como podem não ter paixões?" Zhuang Zi explicou: "Certo e errado é o que estou chamando de paixões. Essas pessoas sem paixões, são pessoas que não permitem que suas preferências perturbem os seus corpos, pois geralmente seguem sua própria natureza e não buscam estender sua vida." Hui Zi perguntou: "Não buscam estender sua vida, como então mantêm seus corpos?" Zhuang Zi respondeu: "A Natureza lhes dá aparência, o céu lhes dá forma, não permitem que suas preferências perturbem seus corpos. Agora você trata seu espírito como algo externo, esgota sua vitalidade, apoiado a uma árvore se lamenta, agarrado à sombra de uma velha árvore adormece. O céu escolheu a sua forma, e você a usa para discutir sobre o rígido e o branco!"

惠子謂莊子曰:「人故無情乎?」莊子曰:「然。」惠子曰:「人而無情,何以謂之人?」莊子曰:「道與之貌,天與之形,惡得不謂之人?」惠子曰:「既謂之人,惡得無情?」莊子曰:「是非吾所謂情也。吾所謂無情者,言人之不以好惡內傷其身,常因自然而不益生也。」惠子曰:「不益生,何以有其身?」莊子曰:「道與之貌,天與之形,無以好惡內傷其身。今子外乎子之神,勞乎子之精,倚樹而吟,據槁梧而瞑。天選子之形,子以堅白鳴!」


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 6

大宗師|大宗师 - O Grande e Venerável Mestre

<< Voltar para o início

6.1

Aquele que sabe o que a Natureza faz, e o que as pessoas fazem, chegou lá. Sabendo o que a Natureza faz, vive com a Natureza; sabendo o que as pessoas fazem, usa seu conhecimento do que sabe, para alimentar seu conhecimento do que não sabe, vivendo completamente os seus anos e não perecendo cedo, eis o máximo do conhecimento. Apesar disso, há um porém. Seu conhecimento deve esperar para ser aplicado, e essa espera abre espaço para o desconhecido. Assim como podemos saber o que é da Natureza e não das pessoas? O que é das pessoas e não da Natureza? Portanto devemos ter uma pessoas genuína, para poder então encontrar um conhecimento genuíno.

知天之所為,知人之所為者,至矣。知天之所為者,天而生也;知人之所為者,以其知之所知,以養其知之所不知,終其天年而不中道夭者,是知之盛也。雖然,有患。夫知有所待而後當,其所待者特未定也。庸詎知吾所謂天之非人乎?所謂人之非天乎?且有真人,而後有真知。


O que é uma pessoa genuína? A pessoa genuína de antigamente, não desprezava as minorias, não se aliava aos poderosos, não conspirava com os ministros. Por isso, podia errar sem se arrepender, podia acertar sem se convencer. Dessa forma, podia subir nas alturas sem tremer, entrar na água sem se sentir molhado, entrar no fogo sem sentir o calor. É este conhecimento que o permitia subir assim até a Natureza.

何謂真人?古之真人,不逆寡,不雄成,不謨士。若然者,過而弗悔,當而不自得也。若然者,登高不慄,入水不濡,入火不熱。是知之能登假於道也若此。


Antigamente a pessoa genuína, dormia sem precisar sonhar, acordava sem preocupações, sua comida não exigia requinte, respirava com profundidade. O fôlego da pessoa genuína vai até o calcanhar, o fôlego das pessoas comuns vai só até a garganta. Quando vencidas por um argumento, resmungam como se engasgadas. Abraçadas a sonhos antigos, deixam pouco espaço para as oportunidades do céu.

古之真人,其寢不夢,其覺無憂,其食不甘,其息深深。真人之息以踵,眾人之息以喉。屈服者,其嗌言若哇。其耆欲深者,其天機淺。


Antigamente a pessoa genuína, não sabia louvar a vida, não sabia temer a morte; surgia no mundo sem prazer, saía de volta sem reclamar; ia rápido, voltava rápido e pronto. Não se esquecia de onde viera, não perguntava para onde ia; recebia e gostava, se esquecia e retornava. Isso é chamado não querer abandonar a Natureza, não usar pessoas para melhorar o céu. Eis a chamada pessoa genuína. Sendo assim, seguia seu coração, bastava-se a si mesmo, sua fronte serena, sua frieza era como o outono, seu calor como a primavera, sua alegria e raiva seguiam as estações, adequava-se aos seres, e ninguém sabia onde podia chegar. Por isso quando pessoas sensatas fazem guerra, podem destruir um país sem perder a afeição do povo; beneficia todos os seres, mas não por amar as pessoas. Por isso ser otimista no contato com os seres, não é sinal de uma pessoa sensata; ter intimidade, não é sinal de benevolência; calcular o tempo, não é sinal de virtude; não entender a relação entre ganhos e perdas, não é sinal de nobreza; esquecer-se de si em busca de fama, não é sinal de conhecimento; perder o corpo ou viver na mentira, não pode servir às pessoas. Assim como Hu Bu Xie, Wu Guang, Bo Yi, Shu Qi, Ji Zi, Xu Yu, Ji Ta, Shen Tu Di, serviram aos seus superiores, satisfizeram os desejos dos outros, mas não puderam satisfazer os seus próprios.

古之真人,不知說生,不知惡死;其出不訢,其入不距;翛然而往,翛然而來而已矣。不忘其所始,不求其所終;受而喜之,忘而復之。是之謂不以心捐道,不以人助天。是之謂真人。若然者,其心志,其容寂,其顙頯,淒然似秋,煖然似春,喜怒通四時,與物有宜,而莫知其極。故聖人之用兵也,亡國而不失人心;利澤施於萬物,不為愛人。故樂通物,非聖人也;有親,非仁也;天時,非賢也;利害不通,非君子也;行名失己,非士也;亡身不真,非役人也。若狐不偕、務光、伯夷、叔齊、箕子、胥餘、紀他、申徒狄,是役人之役,適人之適,而不自適其適者也。


A pessoa genuína de antigamente, tinha um forte senso de justiça sem ser ortodoxa, parecia não ter o bastante mas nada pedia, compartilhava seu ponto de vista sem se prender a ele, sabia que tinha muito a aprender e não se vangloriava, seu semblante satisfeito expressava felicidade! Não podia evitar sua grandeza! Incomodado, deixava transparecer em seu rosto; generoso, seguia sua Espontaneidade; sério, refletia o mundo ao seu redor! Grandioso, não podia ser controlado; como chumbo, parecia impenetrável; despreocupado, esquecia o que ia dizer. Via a punição como corpo, a tradição como asas, o conhecimento como oportunidade, a Espontaneidade como guia. Vendo a punição como corpo, podia ser brando ao punir; vendo a tradição como asas, podia seguir a sua época; vendo o conhecimento como oportunidade, usava-o sempre que necessário; vendo a Espontaneidade como guia, diz que aqueles que têm pés podem alcançar a colina, mas as pessoas pensam que é uma coisa difícil. Portanto seu gostar é um, seu não gostar é um. Seu um é um, seu não um é um. Seu um, é seguidor do céu; seu não um, é seguidor das pessoas. Quando o céu e as pessoas não competem entre si, eis a chamada pessoa genuína.

古之真人,其狀義而不朋,若不足而不承,與乎其觚而不堅也,張乎其虛而不華也,邴邴乎其似喜乎!崔乎其不得已乎!滀乎進我色也,與乎止我德也,厲乎其似世乎!謷乎其未可制也,連乎其似好閉也,悗乎忘其言也。以刑為體,以禮為翼,以知為時,以德為循。以刑為體者,綽乎其殺也;以禮為翼者,所以行於世也;以知為時者,不得已於事也;以德為循者,言其與有足者至於丘也,而人真以為勤行者也。故其好之也一,其弗好之也一。其一也一,其不一也一。其一,與天為徒;其不一,與人為徒。天與人不相勝也,是之謂真人。


6.2

Vida e morte são coisas do destino, como noite e manhã são coisas do céu. Não há nada a ser feito, é assim com todos os seres. Alguns consideram o céu como um pai, e o amam como se tivesse um corpo, quanto mais não amariam se conhecessem toda a sua grandiosidade! Alguns consideram o governante melhor que si mesmos, e entregariam a ele suas próprias vidas, quanto mais sua lealdade! Quando os riachos secam, os peixes ficam presos na terra, respirando a umidade uns dos outros, se molhando com saliva, seria melhor se pudessem esquecer uns dos outros nos rios e lagos. Ao invés de louvar Yao e condenar Jie, seria melhor esquecer ambos e nos transformar junto à Natureza. A Grande Terra me deu forma, trabalho para viver, tranquilidade na velhice, descanso na morte. Porque se vivemos bem, então bem devemos morrer. Se um barco está escondido numa grota, e a grota oculta por um pântano, dizem que está seguro. Mas no meio da noite chega alguém forte e o carrega embora, está tão escuro que ninguém vê. Você pode esconder coisas grandes e pequenas em locais apropriados, e ainda assim perdê-las. Mas se você guardar as coisas do mundo no próprio mundo, não pode perdê-las, essa é a ordem natural das coisas. Por acaso temos uma forma da qual gostamos, mas se essa forma, passa por inúmeras mudanças e não sabemos onde isso vai parar, não é uma alegria que isso seja imprevisível? Por isso pessoas sensatas andam em meio às coisas do mundo sem se perder. Aproveitando a vida seja ela breve ou longa, aproveitando o início e o fim, se as pessoas podem seguir esse modelo, quanto mais aquele dado pelos dez mil seres, que vivem essa transformação.

死生,命也,其有夜旦之常,天也。人之有所不得與,皆物之情也。彼特以天為父,而身猶愛之,而況其卓乎!人特以有君為愈乎己,而身猶死之,而況其真乎!泉涸,魚相與處於陸,相呴以溼,相濡以沫,不如相忘於江湖。與其譽堯而非桀,不如兩忘而化其道。夫大塊載我以形,勞我以生,佚我以老,息我以死。故善吾生者,乃所以善吾死也。夫藏舟於壑,藏山於澤,謂之固矣。然而夜半有力者負之而走,昧者不知也。藏大小有宜,猶有所遯。若夫藏天下於天下,而不得所遯,是恆物之大情也。特犯人之形而猶喜之,若人之形者,萬化而未始有極也,其為樂可勝計邪!故聖人將遊於物之所不得遯而皆存。善妖善老,善始善終,人猶效之,又況萬物之所係,而一化之所待乎!


6.3

A Natureza, tem seu temperamento e seus sinais, mesmo sem agir e sem ter forma; pode ser transmitida mas não contida, pode ser sentida mas não vista; tem origem em si mesma e se enraíza em si, quando ainda não havia céu e Terra, há muito tempo certamente já existia; deu essência aos espíritos e líderes, deu origem ao céu e à Terra; está além da primeira origem sem ser alta, abaixo das seis direções sem ser profunda; nasceu antes do céu e da Terra e não é antiga, se desenvolve desde o passado distante e não é velha. Xi Wei a sentiu, e ergueu o céu e a Terra; Fu Xi a sentiu, e desvendou as propriedades da matéria; Wei Dou (a constelação Ursa Maior) a sentiu, e desde então não mudou seu curso; o Sol e a Lua a sentiram, e desde então não descansaram; Kan Huai a sentiu, e herdou as montanhas de Kun Lun; Ping Yi a sentiu, e vagou pelo grande rio; Jian Wu a sentiu, e passou a viver no Monte Tai; o Imperador Amarelo a sentiu, e subiu para as nuvens no céu; Zhuan Xu (neto do Imperador Amarelo) a sentiu, e passou a viver no Palácio Misterioso; Yu Qiang a sentiu, e se estabeleceu no Pólo Norte; Xi Wang Mu (Mãe Rainha do Ocidente) a sentiu, sentou-se no Shao Guang, ninguém conhece seu início, ninguém conhece seu fim; Peng Zu a sentiu, viveu desde o tempo de Yu, até cinco séculos depois; Fu Shuo a sentiu, e junto a Wu Ding, estendeu seu reinado por todo o mundo conhecido, montou e cavalgou entre Sagitário e Escorpião, encontrando seu lugar entre as estrelas.

夫道,有情有信,無為無形;可傳而不可受,可得而不可見;自本自根,未有天地,自古以固存;神鬼神帝,生天生地;在太極之先而不為高,在六極之下而不為深;先天地生而不為久,長於上古而不為老。豨韋氏得之,以挈天地;伏犧氏得之,以襲氣母;維斗得之,終古不忒;日月得之,終古不息;堪坏得之,以襲崑崙;馮夷得之,以遊大川;肩吾得之,以處太山;黃帝得之,以登雲天;顓頊得之,以處玄宮;禺強得之,立乎北極;西王母得之,坐乎少廣,莫知其始,莫知其終;彭祖得之,上及有虞,下及五伯;傅說得之,以相武丁,奄有天下,乘東維,騎箕尾,而比於列星。


6.4

Nan Bo Zi Kui perguntou a Nu Yu: "Sua idade é avançada, mas você tem a aparência de uma criança, como é possível?" A resposta foi: "Eu ouvi a Natureza." Nan Bo Zi Kui disse: "Posso alcançar a Natureza estudando-a?" A resposta: "O quê! Como poderia? Você nem é esse tipo de pessoa. O senhor Bu Liang Yi tem as habilidades de uma pessoa sensata, mas não sua Natureza, já eu tenho a Natureza de uma pessoa sensata, mas não suas habilidades, quis educá-lo, talvez isso o tornasse sensato! Mas não, se a Natureza da pessoa sensata pudesse vir de suas habilidades, seria fácil. Nos isolamos e o instruí, três dias depois ele já podia ignorar o mundo; após ignorar o mundo, continuamos isolados, sete dias depois ele podia ignorar os seres e as coisas; após ignorar seres e coisas, continuamos isolados, nove dias depois ele podia ignorar a própria vida; após ignorar a vida, ele podia ser penetrante como a manhã; penetrante como a manhã, então podia ver as coisas como uma só; vendo as coisas como uma só, então podia ignorar passado e presente; ignorando passado e presente, então podia entrar onde não há morte nem vida. O que tira a vida não é a morte, o que gera a vida não é o nascimento. Em sua relação com os seres, nada há que não convide, nada há que não receba; nada há que não destrua, nada há que não complete. Seu nome é não se deixar perturbar. Aquele que não se deixa perturbar, após o contato se completa." Nan Bo Zi Kui perguntou: "Você aprendeu tudo isso por conta própria?" A resposta: "Aprendi do filho de um escriba, que aprendeu do neto de um orador, que aprendeu de uma pessoa iluminada, que aprendeu de sussuros afetuosos, aprendidos de trabalhadores braçais, que aprenderam através de músicas populares, aprendidas da escuridão misteriosa, que aprendeu da constelação solitária, que aprendeu do início da dúvida."

南伯子葵問乎女偊曰:「子之年長矣,而色若孺子,何也?」曰:「吾聞道矣。」南伯子葵曰:「道可得學邪?」曰:「惡!惡可!子非其人也。夫卜梁倚有聖人之才,而無聖人之道,我有聖人之道,而無聖人之才,吾欲以教之,庶幾其果為聖人乎!不然,以聖人之道告聖人之才,亦易矣。吾猶守而告之,參日而後能外天下;已外天下矣,吾又守之,七日而後能外物;已外物矣,吾又守之,九日而後能外生;已外生矣,而後能朝徹;朝徹,而後能見獨;見獨,而後能無古今;無古今,而後能入於不死不生。殺生者不死,生生者不生。其為物,無不將也,無不迎也;無不毀也,無不成也。其名為攖寧。攖寧也者,攖而後成者也。」南伯子葵曰:「子獨惡乎聞之?」曰:「聞諸副墨之子,副墨之子聞諸洛誦之孫,洛誦之孫聞之瞻明,瞻明聞之聶許,聶許聞之需役,需役聞之於謳,於謳聞之玄冥,玄冥聞之參寥,參寥聞之疑始。」


6.5

Zi Si, Zi Yu, Zi Li e Zi Lai, esses quatro conversavam dizendo: "Quem pode considerar a não-existência como cabeça, a vida como coluna dorsal, a morte como rabo, quem vê a vida e a morte, a existência e a não-existência como uma coisa só, dessa pessoa seremos amigos." Os quatro se olharam e riram, e se sentindo íntimos, tornaram-se amigos. Pouco depois Zi Yu ficou doente, Zi Si foi visitá-lo. Disse Zi Yu: "Grande é a Natureza! Capaz de me deixar assim rígido, inflexível! Minhas costas arqueadas, meus órgãos vitais virados para cima, minha bochecha no nível do umbigo, meus ombros acima da cabeça, meus dedos curvados apontando para o céu." Seu yin-yang estava fora de harmonia, mas sua mente estava em paz, arrastou-se até se ver no reflexo de um poço, e disse: "Ah! Como pôde a Natureza me deixar assim rígido, inflexível!" Zi Si perguntou: "Você não gostou?" Zi Yu respondeu: "O quê? Por que não gostaria! Se meu braço esquerdo pouco a pouco se transformasse num galo, eu saberia quando a manhã está chegando; se meu braço direito pouco a pouco se transformasse num arco, eu poderia usá-lo para conseguir uma coruja assada; se minha bunda pouco a pouco se transformasse em rodas, e meu espírito no de um cavalo, eu poderia montá-la, e não precisaria mais de carruagens! Além disso, há um tempo para receber, outro para perder, tranquilo em cada um desses, não há espaço para lamento ou exaltação. Os antigos chamavam a isso 'desfazer o nó', e os que não podem desfazê-lo, é por estarem presos à existência. Assim, ninguém pode vencer o que os céus fazem há tempos, como eu poderia estar insatisfeito?" Pouco depois Zi Lai ficou doente, arfando à beira da morte, sua esposa e filhos chorando ao seu redor. Zi Li foi visitá-lo e disse: "Xô! Saiam! Não atrapalhem sua mudança!" Encostando-se à porta, lhe disse: "Como é grande a Natureza! Em que mais te transformará? Para onde te levará? Te transformará no fígado de um rato? Na pata de um inseto? Zi Lai respondeu: "Os pais indicam a um filho a direção -- leste, oeste, sul, norte -- e ele a segue. O Yin e o Yang são para uma pessoa como seus próprios pais, se me trazem perto da morte e eu não os ouço, então sou eu o rebelde, que culpa eles têm? A Grande Terra me deu forma, trabalho para viver, tranquilidade na velhice, descanso na morte. Porque se vivemos bem, então bem devemos morrer. Se um grande ferreiro está trabalhando, e o metal salta e diz 'Eu devo ser como a espada Moye', o grande ferreiro certamente pensaria que aquele metal não é propício. Se, ao ganhar forma, eu dissesse 'Apenas humano, apenas humano', a Natureza também pensaria que eu não sou propício. Se pensarmos no Universo como uma grande fornalha, na Natureza como um grande ferreiro, para onde não aceitaríamos ir? Aceitamos o sono, de repente acordamos."

子祀、子輿、子犁、子來四人相與語曰:「孰能以無為首,以生為脊,以死為尻,孰知生死存亡之一體者,吾與之友矣。」四人相視而笑,莫逆於心,遂相與為友。俄而子輿有病,子祀往問之。曰:「偉哉!夫造物者,將以予為此拘拘也!曲僂發背,上有五管,頤隱於齊,肩高於頂,句贅指天。」陰陽之氣有沴,其心閒而無事,跰足而鑑於井,曰:「嗟乎!夫造物者,又將以予為此拘拘也!」子祀曰:「汝惡之乎?」曰:「亡,予何惡!浸假而化予之左臂以為雞,予因以求時夜;浸假而化予之右臂以為彈,予因以求鴞炙;浸假而化予之尻以為輪,以神為馬,予因以乘之,豈更駕哉!且夫得者時也,失者順也,安時而處順,哀樂不能入也。此古之所謂縣解也,而不能自解者,物有結之。且夫物不勝天久矣,吾又何惡焉?」俄而子來有病,喘喘然將死,其妻子環而泣之。子犁往問之曰:「叱!避!無怛化!」倚其戶與之語曰:「偉哉造物!又將奚以汝為?將奚以汝適?以汝為鼠肝乎?以汝為蟲臂乎?」子來曰:「父母於子,東西南北,唯命之從。陰陽於人,不翅於父母,彼近吾死而我不聽,我則悍矣,彼何罪焉!夫大塊載我以形,勞我以生,佚我以老,息我以死。故善吾生者,乃所以善吾死也。今之大冶鑄金,金踊躍曰『我且必為鏌鋣』,大冶必以為不祥之金。今一犯人之形,而曰『人耳人耳』,夫造化者必以為不祥之人。今一以天地為大鑪,以造化為大冶,惡乎往而不可哉!成然寐,蘧然覺。」


6.6

Zi Sang Hu, Meng Zi Fan e Zi Qin Zhang, esses três amigos conversavam, dizendo: "Quem pode se juntar com outros ao não se juntar com outros, agir com outros ao não agir com outros? Quem pode subir ao céu e rondar a névoa, abraçar o ilimitado, esquecendo-se da vida, sem se preocupar com seu fim?" Os três se olharam e riram, e sentindo-se íntimos, firmaram sua amizade. Passado algum tempo, Zi Sang Hu morreu, mas ainda não havia sido enterrado. Confúcio ouviu o fato, e enviou Zi Gong para ajudar no que fosse preciso. Compondo e tocando a cítara, os dois amigos do falecido cantavam juntos: "Ah, Sang Hu chegou! Ah, Sang Hu chegou! Já voltou ao seu real, e nós ainda no animal!" Zi Gong se aproximou depressa e disse: "Deixem-me perguntar, cantar assim sobre o cadáver, isso é apropriado?" Os dois se olharam e riram, dizendo: "O que este outro sabe sobre o que é apropriado?" Zi Gong voltou, contou o ocorrido a Confúcio e disse: "Que tipo de gente é aquela? Não observam os rituais, não se preocupam com o corpo, cantam ao lado do defunto, sem nem mesmo corar, não tenho nome para isso. Que tipo de gente é aquela?" Confúcio respondeu: "Eles vivem fora dos limites estabelecidos, enquanto eu vivo dentro desses limites. Os de fora e os de dentro não se entendem, e eu enviar você para prestar condolências foi ingenuidade minha. Eles tratam a Natureza como um semelhante, e vagam pelos céus e terras como uma só coisa. Eles veem a vida como uma verruga inutilmente presa ao corpo, e a morte como a remoção da verruga. Dessa forma, como podem se importar com o que vem primeiro, a vida ou a morte! Consideram diferentes formas como tendo a mesma substância, esquecem fígado e vesícula, libertam-se de ouvidos e olhos, vão e retornam do fim ao início, sem conhecer limites, admirados vagueiam além do lodo e da poeira, livres e desimpedidos ocupam-se com não se ocupar. Assim, como eles se preocupariam com esses rituais mundanos, que ocupam ouvidos e olhos da população?" Zi Gong perguntou: "Sendo assim, de que lado o Mestre está?" Confúcio respondeu: "Eu fui punido pelos céus. Porém, isso eu posso compartilhar com você." Zi Gong disse: "Gostaria de saber como." Confúcio explicou: "Peixes se reproduzem na água, pessoas se reproduzem na Natureza. Para os que se reproduzem na água, providencie um poço e estarão bem; para os que se reproduzem na Natureza, não se preocupe e viverão em paz. Por isso se diz: os peixes se esquecem de si nos rios e lagos, as pessoas se esquecem de si quando seguem a Natureza." Zi Gong disse: "E aquelas pessoas estranhas?" A resposta: "Aquelas pessoas são estranhas para o povo, mas comparáveis aos céus. Por isso se diz: pessoas pequenas para o céu são nobres entre o povo; nobres entre o povo são pequenos para o céu."

子桑戶、孟子反、子琴張三人相與友,曰:「孰能相與於無相與,相為於無相為?孰能登天遊霧,撓挑無極,相忘以生,無所終窮?」三人相視而笑,莫逆於心,遂相與友。莫然有閒,而子桑戶死,未葬。孔子聞之,使子貢往侍事焉。或編曲,或鼓琴,相和而歌曰:「嗟來桑戶乎!嗟來桑戶乎!而已反其真,而我猶為人猗!」子貢趨而進曰:「敢問臨尸而歌,禮乎?」二人相視而笑,曰:「是惡知禮意!」子貢反,以告孔子曰:「彼何人者邪?修行無有,而外其形骸,臨尸而歌,顏色不變,無以命之。彼何人者邪?」孔子曰:「彼遊方之外者也,而丘游方之內者也。外內不相及,而丘使女往弔之,丘則陋矣。彼方且與造物者為人,而遊乎天地之一氣。彼以生為附贅縣疣,以死為決𤴯潰癰。夫若然者,又惡知死生先後之所在!假於異物,託於同體,忘其肝膽,遺其耳目,反覆終始,不知端倪,芒然彷徨乎塵垢之外,逍遙乎無為之業。彼又惡能憒憒然為世俗之禮,以觀眾人之耳目哉!」子貢曰:「然則夫子何方之依?」孔子曰:「丘,天之戮民也。雖然,吾與汝共之。」子貢曰:「敢問其方。」孔子曰:「魚相造乎水,人相造乎道。相造乎水者,穿池而養給;相造乎道者,無事而生定。故曰:魚相忘乎江湖,人相忘乎道術。」子貢曰:「敢問畸人。」曰:「畸人者,畸於人而侔於天。故曰:天之小人,人之君子;人之君子,天之小人也。」


6.7

Yan Hui perguntou a Confúcio: "Quando a mãe de Meng Sun Cai morreu, ele chorou sem lágrimas, seu coração não estava aflito, atendeu o velório sem se lamentar. Mesmo com essas três faltas, ainda é considerado um excelente pranteador no reino de Lu. Pode alguém sem real valor ganhar fama? Acho isso estranho." Confúcio disse: "Meng Sun alcançou o ápice do entendimento! Ele teria simplificado ainda mais o ritual se o pudesse, mas já o simplificou bastante. Meng Sun não entende a razão da vida ou da morte, não sabe o que vem antes ou depois, se a mudança age, ele a recebe sem saber do que se trata! Além do mais, se ele deve mudar, como saber se ainda não mudou? Se ele não deve mudar, como saber se já não mudou? Mesmo nós dois podemos estar sonhando e ainda não acordamos! E ainda, algo pode mudar a forma dele, mas não o seu pensamento, como alguém em casa de manhã ao invés de morto. Meng Sun está especialmente acordado, quando todos choram ele também chora, é apenas a sua natureza. Além disso, nós dizemos uns aos outros 'eu', como sabemos que 'eu' é este? Você pode sonhar que é uma ave e subir aos céus, sonhar que é um peixe e mergulhar até as profundezas, e não sabe se essas palavras agora, te alcançam acordado ou sonhando? Buscar satisfação não é tão bom quanto sorrir, mostrar um sorriso não é tão bom quanto sorrir junto, e tranquilamente seguir as mudanças, assim se pode penetrar a quieta unidade dos céus."

顏回問仲尼曰:「孟孫才,其母死,哭泣無涕,中心不戚,居喪不哀。無是三者,以善處喪蓋魯國。固有無其實而得其名者乎?回壹怪之。」仲尼曰:「夫孟孫氏盡之矣,進於知矣。唯簡之而不得,夫已有所簡矣。孟孫氏不知所以生,不知所以死,不知就先,不知就後,若化為物,以待其所不知之化已乎!且方將化,惡知不化哉?方將不化,惡知已化哉?吾特與汝其夢未始覺者邪!且彼有駭形而無損心,有旦宅而無情死。孟孫氏特覺,人哭亦哭,是自其所以乃。且也,相與吾之耳矣,庸詎知吾所謂吾之乎?且汝夢為鳥而厲乎天,夢為魚而沒於淵,不識今之言者,其覺者乎,夢者乎?造適不及笑,獻笑不及排,安排而去化,乃入於寥天一。」


6.8

Yi Er Zi se encontrou com Xu You, que lhe perguntou: "O que Yao te ensinou?" Yi Er Zi respondeu: "Yao me disse 'você deve se submeter à benevolência e à justiça, e distinguir o certo do errado.'" Xu You disse: "O que veio fazer aqui então? Se Yao já te marcou com valores de benevolência e justiça, e te deformou com ideias de certo e errado, o que busca nessas paragens distantes, livres e inconstantes?" Yi Er Zi disse: "Ainda assim, eu gostaria de conhecer essas paragens." Xu You respondeu: "Negativo. Uma pessoa cega não pode apreciar belas faces e expressões, não consegue distinguir bordados azuis de amarelos." Yi Er Zi disse: "Se Wu Zhuang perdeu de vista sua beleza, Ju Liang perdeu de vista sua força, Huang Di esqueceu sua sabedoria, todos puderam ser remodelados. Como saber se a Natureza não pode apagar minhas marcas e corrigir minha deformação, deixando-me pronto para seguir um novo Mestre?" Xu You disse: "Ah! Não temos como saber. Vou te dar uma ideia geral. Minha Mestra! Minha Mestra! Aperfeiçoa os dez mil seres sem chamar a isso justiça, favorece todas as eras sem chamar a isso benevolência, se estende desde a antiguidade sem chamar a isso longevidade, preenche o céu e a terra, esculpe a multidão de formas sem chamar a isso habilidade. É este o caminho que sigo."

意而子見許由,許由曰:「堯何以資汝?」意而子曰:「堯謂我:『汝必躬服仁義,而明言是非。』」許由曰:「而奚為來軹?夫堯既已黥汝以仁義,而劓汝以是非矣,汝將何以遊夫遙蕩、恣睢、轉徙之途乎?」意而子曰:「雖然,吾願遊於其藩。」許由曰:「不然。夫盲者無以與乎眉目顏色之好,瞽者無以與乎青黃黼黻之觀。」意而子曰:「夫無莊之失其美,據梁之失其力,黃帝之亡其知,皆在鑪捶之間耳。庸詎知夫造物者之不息我黥而補我劓,使我乘成以隨先生邪?」許由曰:「噫!未可知也。我為汝言其大略。吾師乎!吾師乎!齏萬物而不為義,澤及萬世而不為仁,長於上古而不為老,覆載天地、刻彫眾形而不為巧。此所遊已。」


6.9

Yan Hui disse: "Estou melhorando." Confúcio perguntou: "Como?" Yan Hui: "Já me esqueci de ideais de benevolência e justiça." Confúcio: "Bom, mas não é o bastante." Se encontraram novamente depois, Yan Hui disse: "Estou melhorando." Confúcio perguntou: "Como?" Yan Hui: "Esqueci os rituais e suas músicas." Confúcio: "Bom, mas não é o bastante." Se encontraram novamente depois, Yan Hui disse: "Estou melhorando." Confúcio perguntou: "Como?" Yan Hui: "Consigo sentar e me esquecer." Confúcio perguntou animado: "Como assim sentar e se esquecer?" Yan Hui respondeu: "Deixo os membros pendentes, dispenso a inteligência, abandono forma e consciência, unido ao Grande Universo, a isso chamo sentar e me esquecer." Confúcio disse: "Unido assim não haverá preferências, transformado assim não haverá dogmas. Como resultado tornou-se digno! Peço-lhe o direito de segui-lo."

顏回曰:「回益矣。」仲尼曰:「何謂也?」曰:「回忘仁義矣。」曰:「可矣,猶未也。」他日復見,曰:「回益矣。」曰:「何謂也?」曰:「回忘禮樂矣。」曰:「可矣,猶未也。」他日復見,曰:「回益矣。」曰:「何謂也?」曰:「回坐忘矣。」仲尼蹴然曰:「何謂坐忘?」顏回曰:「墮肢體,黜聰明,離形去知,同於大通,此謂坐忘。」仲尼曰:「同則無好也,化則無常也。而果其賢乎!丘也請從而後也。」


6.10

Zi Yu era amigo de Zi Sang, uma vez choveu sem parar por dez dias. Zi Yu disse: "Zi Sang pode estar doente!" Juntou alguma comida e foi levar para ele. Chegando à porta de Zi Sang, ouviu um canto choroso, acompanhado da cítara, que dizia: "Oh pai, oh mãe! Oh céus, oh gente!" A voz era sem firmeza, e atropelava a métrica das rimas. Zi Yu entrou e disse: "Por que a sua música está assim?" A resposta: "Estive pensando quem me trouxe a tamanha privação. Meus pais certamente não queriam que eu fosse tão pobre! O céu cobre a todos sem egoísmo, a terra provê a todos sem egoísmo, céu e terra certamente não me deixariam assim tão pobre! Busquei o causador disso e não encontrei. Mas se cheguei a tamanho extremo, deve ter sido o destino!"

子輿與子桑友,而霖雨十日。子輿曰:「子桑殆病矣!」裹飯而往食之。至子桑之門,則若歌若哭,鼓琴曰:「父邪母邪!天乎人乎!」有不任其聲,而趨舉其詩焉。子輿入,曰:「子之歌詩,何故若是?」曰:「吾思乎使我至此極者而弗得也。父母豈欲吾貧哉?天無私覆,地無私載,天地豈私貧我哉?求其為之者而不得也。然而至此極者,命也夫!」


莊子|庄子 - Zhuang Zi - capítulo interno - 内篇 - 7

應帝王|应帝王 - Acordo para Imperadores e Reis

<< Voltar para o início

7.1

Nie Que perguntou a Wang Ni, quatro perguntas que ficaram sem resposta. Nie Que por isso deu saltos de alegria, e foi contar ao Mestre Pu Yi. O Mestre Pu Yi disse: "E só agora você ficou sabendo? O clã You Yu não é tão bom quanto o clã Tai. O clã You Yu se esconde atrás da benevolência para forçar o povo a lhe servir, e ainda não abandonou o não-humano. O clã Tai se deita com tranquilidade e levanta descansado, às vezes vê a si mesmo como um cavalo, às vezes como um boi, seu entendimento é confiável, sua Espontaneidade verdadeira, e ainda não entrou no não-humano."

齧缺問於王倪,四問而四不知。齧缺因躍而大喜,行以告蒲衣子。蒲衣子曰:「而乃今知之乎?有虞氏不及泰氏。有虞氏,其猶藏仁以要人,亦得人矣,而未始出於非人。泰氏,其臥徐徐,其覺于于,一以己為馬,一以己為牛,其知情信,其德甚真,而未始入於非人。」


7.2

Jian Wu foi ver Kuang Jie Yu. Kuang Jie Yu perguntou: "O que Ri Zhong Shi te disse?" Jian Wu respondeu: "Ele disse: uma pessoa nobre deve se guiar pelos ensinamentos mais nobres, assim quem ousaria agir diferente?!" Kuang Jie Yu disse: "Isso é enganar a Espontaneidade! Usar isso para governar o reino, seria como tentar atravessar o oceano a pé, como cavar uma trincheira através de um rio, ou como forçar um mosquito a carregar uma montanha! Quando uma pessoa sensata governa, ela governa as aparências? Essa pessoa age corretamente e tudo segue daí, certifica-se de fazer o que está ao seu alcance e é isso! Além disso, uma ave voa alto evitando o perigo das flechas, um rato cava bem fundo abaixo do monte sagrado, evitando que cavem e usem fumaça para expulsá-lo, não podemos ser tão sábios quanto esses dois pequenos animais?"

肩吾見狂接輿。狂接輿曰:「日中始何以語女?」肩吾曰:「告我:君人者,以己出經式義度,人孰敢不聽而化諸!」狂接輿曰:「是欺德也。其於治天下也,猶涉海鑿河,而使蚉負山也。夫聖人之治也,治外乎?正而後行,確乎能其事者而已矣。且鳥高飛以避矰弋之害,鼷鼠深穴乎神丘之下,以避熏鑿之患,而曾二蟲之無知!」


7.3

Tian Gen, andando numa serra ensolarada, chegou nas cachoeiras do rio Liao, onde avistou uma pessoa desconhecida, e perguntou: "Gostaria de saber como lidar com o mundo?" A pessoa desconhecida respondeu: "Vá embora, seu miserável! Perguntar algo tão desagradável! Eu estava a ponto de me reunir à Natureza criadora, e depois, cansado disso, buscaria o pequeno pássaro que vive nos arbustos, seguindo pelas seis direções, passeando por vilarejos sem atrativos, para descansar na vastidão dos campos selvagens. E você, por que vem me perturbar com essa história de controlar o mundo?" Mas a pergunta foi repetida. Então a pessoa desconhecida falou: "Deixe sua mente vagar pelo insignificante, alinhe sua respiração ao vazio, siga sua natureza animal, favoreça o que nada contém, e o mundo estará governado!"

天根遊於殷陽,至蓼水之上,適遭無名人而問焉,曰:「請問為天下。」無名人曰:「去!汝鄙人也,何問之不豫也!予方將與造物者為人,厭則又乘夫莽眇之鳥,以出六極之外,而遊無何有之鄉,以處壙埌之野。汝又何帠以治天下感予之心為?」又復問。無名人曰:「汝遊心於淡,合氣於漠,順物自然,而無容私焉,而天下治矣。」


7.4

Yang Zi Ju foi ver Lao Dan, e disse: "Existe aqui uma pessoa, que mesmo doente é forte como uma ponte, tem uma inteligência capaz de compreender todos os seres, e estuda a Natureza sem se cansar. Pode essa pessoa ser comparada aos Reis Iluminados?" Lao Dan respondeu: "Em comparação com as pessoas sensatas, qualquer pessoa pode ter esses dons, trabalhando o corpo e perturbando a mente. Além disso, tigres e leopardos são caçados por suas belas peles, macacos e cães são presos por suas habilidades. Podem esses animais ser comparados aos Reis Iluminados?" Yang Zi Ju espantado disse: "Ouso perguntar sobre o governo dos Reis Iluminados." Lao Dan explicou: "O governo dos Reis Iluminados obtinha realizações sobre todo o reino, mas não parecia obra deles, transformavam os dez mil seres sem tornar o povo dependente, não favoreciam ninguém, permitindo que cada ser encontrasse a própria felicidade, habitavam no inesperado e vagavam pelo inexistente."

陽子居見老聃曰:「有人於此,嚮疾強梁,物徹疏明,學道不倦。如是者,可比明王乎?」老聃曰:「是於聖人也,胥易技係,勞形怵心者也。且也虎豹之文來田,猿狙之便、執嫠之狗來藉。如是者,可比明王乎?」陽子居蹴然曰:「敢問明王之治。」老聃曰:「明王之治,功蓋天下而似不自己,化貸萬物而民弗恃,有莫舉名,使物自喜,立乎不測,而遊於無有者也。」


7.5

Em Zheng havia um xamã chamado Ji Xian, que sabia das pessoas a vida e a morte, ruína ou fortuna, longevidade ou morte prematura, prevendo com exatidão o ano, mês, semana e dia, como uma divindade. Quando as pessoas de Zheng o viam, largavam seus afazeres e fugiam. Lie Zi o viu e ficou fascinado, voltou para contar a Hu Zi, dizendo: "No início eu pensei que a Natureza do Mestre fosse perfeita, então conheci outra ainda mais perfeita." Hu Zi disse: "Eu já lhe passei sua forma, não sua essência, mas você está certo de ter compreendido a Natureza? Muitas galinhas e nenhum galo, que ovo sairá daí? Você aplica a Natureza aos exageros do mundo, por isso as pessoas vão contra você. Tente trazer esse xamã aqui, e te mostrarei quem ele é." No dia seguinte, Lie Zi foi com o xamã até Hu Zi. Na saída o xamã lhe disse: "Oh! Seu Mestre está à beira da morte, não resta um sopro de vida, algumas semanas talvez! Eu vi algo estranho, como cinzas molhadas." Lie Zi voltou, molhando a blusa de tanto chorar, e contou a Hu Zi. Hu Zi disse: "Eu apareci para ele no padrão da terra, latente, sem movimento, sem firmeza. Provavelmente ele viu minha Espontaneidade bloqueada. Tente trazê-lo novamente." No dia seguinte, foram outra vez ver Hu Zi. Na saída o xamã disse a Lie Zi: "Que sorte seu Mestre ter me encontrado! Está se recuperando, todo seu corpo mostra vitalidade. Eu vi um bloqueio apenas temporário." Lie Zi voltou e contou a Hu Zi. Hu Zi disse: "Eu me mostrei a ele como céu e terra, sem me importar com fama ou posses, apenas a máquina funcionando desde os calcanhares. Ele deve ter visto a máquina funcionando bem. Tente trazê-lo outra vez." No dia seguinte, foram de novo ver Hu Zi. Na saída o xamã disse: "Seu Mestre não está em ordem, não pude ver nada. Se ele melhorar, me chame para vê-lo de novo." Lie Zi voltou e contou a Hu Zi, que disse: "Agora me mostrei a ele como o grande fluxo sem forma. Ele deve ter me visto como uma grande massa de ar. Sob a grande salamandra há um poço, sob a água parada há um poço, sob a água corrente há um poço. Há nove tipos de poço, e mostrei apenas três. Tente trazê-lo novamente." No dia seguinte, foram mais uma vez ver Hu Zi. Antes que se sentassem, o xamã se descontrolou e saiu correndo. Hu Zi disse: "Vá buscá-lo!" Lie Zi foi atrás dele mas não o alcançou, voltou e contou a Hu Zi: "Sumiu! Desapareceu! Não pude encontrá-lo." Hu Zi disse: "Eu me mostrei agora como se não tivesse ainda forma definida. Fui até ele vazio e inconstante, sem saber quem ou o que era, como brisa ou onda que flui, por isso ele correu." Então Lie Zi percebeu que mal havia começado a estudar, voltou para casa e lá ficou por três anos. Cozinhava para sua mulher, alimentava os porcos como quem alimenta gente. Não se intrometeu nos assuntos alheios, retornou à simplicidade, como se fosse só um corpo ereto. Confusão e ordem se tornaram para ele um só até o fim.

鄭有神巫曰季咸,知人之生死存亡,禍福壽夭,期以歲月旬日,若神。鄭人見之,皆棄而走。列子見之而心醉,歸以告壺子,曰:「始吾以夫子之道為至矣,則又有至焉者矣。」壺子曰:「吾與汝既其文,未既其實,而固得道與?眾雌而無雄,而又奚卵焉!而以道與世亢必信,夫故使人得而相女。嘗試與來,以予示之。」明日,列子與之見壺子。出而謂列子曰:「嘻!子之先生死矣,弗活矣,不以旬數矣!吾見怪焉,見溼灰焉。」列子入,泣涕沾襟,以告壺子。壺子曰:「鄉吾示之以地文,萌乎不震不正。是殆見吾杜德機也。嘗又與來。」明日,又與之見壺子。出而謂列子曰:「幸矣!子之先生遇我也。有瘳矣,全然有生矣。吾見其杜權矣。」列子入,以告壺子。壺子曰:「鄉吾示之以天壤,名實不入,而機發於踵。是殆見吾善者機也。嘗又與來。」明日,又與之見壺子。出而謂列子曰:「子之先生不齊,吾無得而相焉。試齊,且復相之。」列子入,以告壺子。壺子曰:「吾鄉示之以太沖莫勝。是殆見吾衡氣機也。鯢桓之審為淵,止水之審為淵,流水之審為淵。淵有九名,此處三焉。嘗又與來。」明日,又與之見壺子。立未定,自失而走。壺子曰:「追之!」列子追之不及,反以報壺子,曰:「已滅矣,已失矣,吾弗及也。」壺子曰:「鄉吾示之以未始出吾宗。吾與之虛而委蛇,不知其誰何,因以為弟靡,因以為波流,故逃也。」然後列子自以為未始學而歸,三年不出。為其妻爨,食豕如食人。於事無與親,彫琢復朴,塊然獨以其形立。紛而封哉,一以是終。


7.6

Não viver em busca da fama, não governar cheio de planos, não depender de projetos, não se achar o dono da razão. Se expressando incansavelmente sem deixar rastros, usando completamente o que recebe dos céus sem parecer privilegiado, vazio e nada mais. As intenções da pessoa realizada são como um espelho, não deseja nem busca, se adapta sem acumular, assim consegue prevalecer sem causar danos.

無為名尸,無為謀府,無為事任,無為知主。體盡無窮,而遊無朕,盡其所受於天,而無見得,亦虛而已。至人之用心若鏡,不將不迎,應而不藏,故能勝物而不傷。


7.7

O imperador do mar do sul se chamava Shu (apressado), o imperador do mar do norte se chamava Hu (desleixado), o imperador central se chamava Hun Dun (turbilhão caótico). Shu e Hu costumavam se encontrar nas terras de Hun Dun, que os recebia muito bem. Shu e Hu planejavam retribuir a Espontaneidade de Hun Dun, dizendo: "Todas as pessoas têm sete orifícios, por onde veem, escutam, comem e respiram, só ele não as tem, vamos tentar abri-las." A cada dia fizeram uma abertura, até que no sétimo dia Hun Dun morreu.

南海之帝為儵,北海之帝為忽,中央之帝為渾沌。儵與忽時相與遇於渾沌之地,渾沌待之甚善。儵與忽謀報渾沌之德,曰:「人皆有七竅,以視聽食息,此獨無有,嘗試鑿之。」日鑿一竅,七日而渾沌死。